Javascript 5 bons motivos para estudar JavaScript

O JavaScript é uma linguagem que está praticamente em todos os lugares por causa de sua flexibilidade e adaptabilidade à diversos ambientes. Vamos conferir nesse artigo 5 bons motivos para você estudar essa linguagem.

Marylene Guedes 26 de abril de 2021

O JavaScript é uma linguagem que está praticamente em todos os lugares por causa de sua flexibilidade e adaptabilidade à diversos ambientes. Podemos utilizar o JavaScript no front-end através de frameworks e bibliotecas como o Angular e o React; no back-end, através do Node.js e do Deno; no desenvolvimento mobile, através de frameworks como Ionic e React Native; e até mesmo para o desenvolvimento de games. Esse já é um bom motivo para dedicar um tempo de estudo a ele.

Veremos neste artigo 5 bons motivos para você colocar o JavaScript na sua lista de estudos.

Mercado de trabalho

O JavaScript é uma das linguagens mais versáteis na atualidade, o que possibilita a sua utilização em uma série de ambientes diferentes, como vimos na introdução. Isso se reflete na quantidade de vagas disponíveis para desenvolvedores JavaScript no mercado atualmente.

Um exemplo são as vagas específicas para desenvolvedores JavaScript no LinkedIn: no mês de abril de 2021, existiam 12475 vagas em aberto em empresas que iam desde startups até grandes empresas como o Google, Amazon e Embraer.

Vagas JavaScript

Segundo o ProgramaThor, desenvolvedores JavaScript com maior senioridade possuem um salário de cerca de R$ 10000,00.

Desenvolvedores JavaScript júnior possuem um salário médio de R$ 3500,00.

Salários Programathor

Estes números certamente mostram como o mercado está bem aquecido para quem desenvolve utilizando o JavaScript.

Multiplataforma

Uma das características mais interessantes do JavaScript é a sua versatilidade, o que o torna uma linguagem que pode ser executada em uma infinidade de ambientes, passando pelo front-end e indo até o desenvolvimento de jogos e aplicações para IoT.

Isso favorece a criação de uma solução mais homogênea quando o JavaScript é utilizado, reduzindo o esforço técnico e até mesmo a escalabilidade da solução: com uma única linguagem-base, você pode criar um website, uma aplicação front-end SPA que se comunica com um back-end baseado em Node ou Deno, um aplicativo mobile de apoio que utilize Ionic ou React Native e, se necessário, até mesmo um módulo de automação com interface com sensores e máquinas utilizando Arduino. E tudo isso centralizado em uma única base de código apoiada somente no JavaScript.

Certamente, o esforço de desenvolvimento e a disseminação do conhecimento do código na equipe são facilitados quando toda a base de código se fundamenta em uma única linguagem.

Facilidade para quem está começando

O JavaScript é uma linguagem extremamente amigável para quem está começando com desenvolvimento de software: não há a necessidade de ferramentas muito específicas ou pesadas para que seja possível desenvolver algo com JavaScript, bem como não há a necessidade de um computador com hardware muito avançado.

Na verdade, um simples editor de texto, como o Visual Studio Code, já supre muito bem as necessidades para termos um ambiente de desenvolvimento JavaScript robusto e perfeitamente funcional. Também existe a disponibilidade vasta de conteúdo para estudo, que passa desde as documentações oficiais da Mozilla até cursos direcionados como os que temos aqui na TreinaWeb.

A sintaxe do JavaScript também é concisa e relativamente simples, embora a linguagem possua várias particularidades que vão sendo descobertas à medida que vamos nos aprofundando nos estudos. Estes pontos tornam o JavaScript uma linguagem muito acessível, a tornando uma interessante opção como primeira linguagem a ser aprendida.

Muitas opções de frameworks/bibliotecas

A quantidade de soluções, frameworks e bibliotecas existentes para JavaScript é muito grande. Tanto que até brincam que a cada dia, um framework ou biblioteca JavaScript é criado.

Isso mostra que a adoção do JavaScript por parte do mercado e da comunidade é bem sólida, o que se traduz em um ecossistema de desenvolvimento muito rico e dinâmico. Para quase todo e qualquer problema de desenvolvimento, como bibliotecas ORM e frameworks de testes dos mais variados tipos, existe um framework ou biblioteca JavaScript open source, pronto e seguramente maduro, o que contribui para a redução do esforço de desenvolvimento.

Para termos uma ideia, somente no NPM, um repositório de pacotes popular para quem utiliza JavaScript, em abril de 2021, existiam mais de 1 milhão e 100 mil bibliotecas e frameworks registrados e prontos para serem utilizados.

Comunidade

A quantidade de pacotes, bibliotecas e frameworks open source para JavaScript existentes já mostra o tamanho da comunidade JavaScript e o quão ativa ela é: trata-se de uma das comunidades de desenvolvimento mais ativas.

O repositório no GitHub do Node.js, por exemplo, possui mais de 78 mil stars e mais de 20 mil forks ativos. O repositório do React, outra bilbioteca JavaScript extremamente popular, possui mais de 168 mil stars e mais de 33 mil forks ativos. A grande maioria das bibliotecas e frameworks JavaScript são completamente open source. No StackOverflow, existem mais de duas milhões e duzentas mil perguntas que possuem a tag “javascript”. Estes números mostram a força da comunidade JavaScript, comunidade esta que só vem crescendo nos últimos anos.

JavaScript - Fundamentos
Curso de JavaScript - Fundamentos
CONHEÇA O CURSO

O JavaScript está por toda parte e continuará como uma das principais tendências para o desenvolvimento de projetos. Inclusive, várias grandes empresas estão apostando nessa tendência, como podemos ver nos números apresentados neste artigo.

Independente de você adotar o JavaScript como sua linguagem principal ou não, é um fato de que você precisará dele em algum momento durante sua vivência profissional, seja por causa de seu rico ecossistema, por causa da sua versatilidade ou por se tratar de uma linguagem que é naturalmente aderente ao ambiente web. Por isso, independente do fato de você adotar o JavaScript ou não, estudá-lo certamente irá abrir portas profissionais e no mercado de trabalho.

Deixe seu comentário

Conheça o autor desse artigo

  • Foto Autor Marylene Guedes
    Marylene Guedes

    Responsável pelo sucesso do cliente na TreinaWeb. Graduada em Gestão de Tecnologia da Informação pela FATEC Guaratinguetá, além de estudante de UX/UI.

    Posts desse Autor

Artigos relacionados