5 erros que podem estar prejudicando sua interface web

Ao desenvolver um site, nos preocupamos muito com o que ele deve ter, quais serão suas funcionalidades, com que linguagem será feito, como ficará o design da tela e lembramos até mesmo de algumas questões de segurança. Mas, algo que é muito importante de ser lembrado é a usabilidade do site, afinal, serão outras pessoas que vão utilizá-lo.

Se uma pessoa faz todo o cadastro e pressiona o enviar antes da hora, se sai da tela sem salvar ou até mesmo clicar em um botão errado… Isso pode ser considerado um erro humano por parte do usuário, mas também pode ser causado por uma usabilidade mal pensada. Sendo assim, vamos abordar 5 erros que podem estar prejudicando sua interface.

1) Diálogo difícil

Se o relacionamento entre a interface e o usuário não tiver um diálogo claro e o mais simples possível, provavelmente você irá ter alguns problemas. Além do usuário se cansar do seu site, ele simplesmente vai querer procurar outro que faça o que ele precisa e que ele entenda. Por isso, deve-se apresentar a informação que o usuário precisa, não precisa colocar coisa demais onde não precisa. Lembre-se que o menos é mais.

2) Exigir esforço do seu usuário

Isso complementa o que vimos acima, se tivermos que fazer muito esforço para utilizar o site, acaba se tornando chato e cansativo. É melhor que o usuário entenda e reconheça uma ação do que ter que se lembrar do que aconteceu em situações anteriores. Além disso, deve-se evitar explicações em excesso. Por exemplo, em vez de “Informe seu nome completo” coloque apenas “Nome completo”. Assim fica mais simples e com menos texto.

Também podemos facilitar o usuário a realizar tarefas de forma descomplicada, como por exemplo utilizar máscaras em formulários, botões de ajuda, etc.

3) Informações confusas

Você deve prestar atenção no texto do seu site, nas tabelas, espaçamentos, grids e todos os elementos que utilizamos para organizar a informação. Assim conseguimos melhorar a dinâmica da página, a legibilidade, tornando a leitura melhor e mais proveitosa. Além disso, permite que a atenção seja focada no que realmente deve, facilitando a concentração do usuário.

4) Não dar feedback

É importante o sistema informar o usuário sobre o que ele está fazendo. Certas ações podem não dar um resultado em tempo real, por exigir um tempo de resposta. Como exemplo, uma compra efetuada por cartão de crédito pode demorar alguns minutos para ser aprovada pela própria operadora. Porém mesmo não gerando um resultado em tempo real, você sempre deve dar um feedback, seja se a compra foi aprovada ou não, se uma ação foi solicitada ou executada, uma mensagem de que um dado foi realmente excluído… Uma boa interface fornece feedbacks a cada ação sendo de sucesso, alerta ou erro.

5) Não conhecer o usuário

Por último e não menos importante. Conhecer o usuário é essencial, por isso você deve reunir o máximo de informações, como algumas características como por exemplo a idade e o grau de familiaridade com tecnologia.

Assim fica mais fácil para que você possa fazer as melhores escolhas no que diz a facilidade de uso do seu site/sistema.

Deixe seu comentário
Share

Graduada em Gestão da Tecnologia da Informação pela FATEC Guaratinguetá.

JUNTE-SE A MAIS DE 150.000 PROGRAMADORES