Afinal, o que é AUP – Processo Unificado Ágil?

Dando sequência à nossa série de artigos de metodologias, vamos abordar hoje o AUP – Processo Unificado Ágil. Já passaram por aqui outras metodologias como o Scrum, Crystal, RAD e RUP.

Conheça o AUP – Processo Unificado Ágil

O Processo Unificado Ágil (AUP – Agile Unified Process) é uma metodologia que foi idealizada por Scott Ambler e se refere a uma versão simplificada do RUP. Para prosseguir com este artigo sugiro a leitura do artigo: O que é RUP – Rational Unified Process?.

Assim como RUP, o AUP também é iterativo e incremental, mas tem uma forma mais simples e fácil de entender a forma de como desenvolver software usando técnicas ágeis e conceitos que ainda se mantêm válidos no RUP.

Alguns dos princípios do AUP…

  • Simplicidade: pouca documentação, menos disciplinas que o RUP
  • Agilidade: entrega periódica e frequente do software funcional
  • É centrado em atividades de alto valor: as tarefas são priorizadas em função do valor que podem ter e uma maior atenção no que o desenvolvimento requer
  • Não tem dependência de ferramentas: pode-se utilizar qualquer conjunto de ferramentas que deseje

Fases do ciclo de desenvolvimento

O AUP dispõe das mesmas fases de RUP: início, elaboração, construção e transição. Cada uma delas é dividida em uma série de iteração que oferecem como resultado um incremento no produto desenvolvido.

  • Iniciação: escopo inicial do projeto, arquitetura, custos do projeto, cronograma, viabilidade, riscos.
  • Elaboração: se aprofunda nos requisitos e arquitetura, para se assegurar que a equipe desenvolva um sistema que cumpra o requisito do cliente.
  • Construção: como o nome diz, é aqui que se desenvolve o sistema até estar pronto para os testes até a produção final.
  • Transição: testar o software, validar e implantar o sistema no ambiente de produção.
AUP - Agile Unified Process
Curso de AUP - Agile Unified Process
CONHEÇA O CURSO

Disciplinas

Abrange 7 disciplinas, onde as 4 primeiras são de implementação e as 3 restantes são disciplinas chamadas de apoio. De acordo com a fase do ciclo de vida, as atividades da disciplina vão variando. As 7 disciplinas são:

  • Modelo: entender as regras de negócio, o domínio do problema e identificar solução viável para resolvê-lo, realizar uma prototipação, diagramas, casos de uso, etc.
  • Implementação: transformar os modelos em códigos, tendo uma prototipagem mais técnica, pensando na UI (user interface), sempre evoluindo na criação do software.
  • Teste: validação da arquitetura, evolução no modelo de teste, validar o sistema, finalização do modelo de teste.
  • Implantação: planejamento da entrega do sistema, deixar o sistema disponível para usuários finais. Treinar clientes e implantar o sistema em produção.
  • Gestão de configuração: configurar o ambiente de configuração.
  • Gerenciamento de projetos: dirigir as atividades que acontecem no projeto, como a gestão de riscos, gerenciar a equipe, a atribuição de tarefas, monitoramento do progresso, etc.
  • Ambiente: configurar e evoluir o ambiente de trabalho, apoiar a equipe.

Se você quer se aprofundar ainda mais na metodologia AUP e utilizar em seus projetos, temos um curso específico de AUP aqui na TreinaWeb. Te esperamos lá =D

Deixe seu comentário

Responsável pelo sucesso do cliente na TreinaWeb. Graduada em Gestão de Tecnologia da Informação pela FATEC Guaratinguetá, além de estudante de Marketing Digital e Mídias Sociais.