Business Intelligence x Big Data: quais as diferenças?

No último artigo pudemos conhecer um pouco mais sobre o Business Intelligence e seus benefícios. Agora, veremos as diferenças entre o BI e o Big Data. Esses dois conceitos muitas vezes podem ser confundidos por se tratarem de um assunto similar, porém eles têm suas diferenças. Justamente por se tratarem de um assunto em comum, eles podem ser utilizados de forma complementar. Sendo assim, veremos como podemos uni-los para alcançar ainda mais resultados.

Não vamos aprofundar muito no conceito de cada um neste artigo, tendo o foco maior em suas diferenças. Caso queira se aprofundar mais antes de prosseguir, sugiro a leitura dos artigos: Business Intelligence (BI): o que é e para que serve? e Big Data: o que é e qual a sua importância?

Big Data

Como vimos acima, ainda que sejam correlatos, o Big Data e o BI tem suas diferenças. O Big Data se refere a um grande conjunto de dados armazenados, uma quantidade de dados muito grande mesmo. Tem foco no processamento dos dados em busca de descobertas, podendo trabalhar com dados estruturados ou não, de diferentes formatos como por exemplo textos, áudios, vídeos e até mesmo aqueles dados que você possui em uma base de dados.

Isso é algo muito legal e de grande importância, porém esses dados soltos não tem muita utilidade. É preciso encontrar uma relação entre os dados para que eles possam trazer informações relevantes para as empresas.

Business Intelligence (BI)

Depois de termos essa base gigante de dados, podemos considerar o BI como o passo seguinte. Você pode aplicar o BI nesses dados que foram processados utilizando o Big Data.

O BI é um conceito que define o processo de coleta, organização, análise e monitoramento de informações, o que leva as empresas a tomarem melhores decisões, de maneira mais eficiente. Além disso, com a utilização de ferramentas específicas de BI você consegue gerar informativos que melhora visualmente a leitura dessas informações.

O BI trabalha somente com dados estruturados (banco de dados, planilhas no excel, etc), onde os dados devem apresentar exatidão, para que possam dar suporte para a tomada de decisão, ao contrário do Big Data que não se preocupa tanto com isso, até mesmo porque o objetivo é outro: apontar novos caminhos, fazer correlações e descobertas.

Resumidamente, o Big Data é um termo mais abrangente e atua de forma mais contínua, já o BI trabalha mais focado em um objetivo específico, analisando o que já existe. Enquanto o BI responde perguntas do passado, de algo que já aconteceu, o Big Data prevê algo do futuro baseada em informações do passado.

Sendo assim, o ideal é fazer uso dos dois conceitos.

Assim podemos ter um melhor entendimento e ver de uma forma mais clara como esses dados podem ajudar as empresas. O Big Data não necessariamente entregará dados concretos com análises claras, por isso podemos fazer o uso do BI para que ele nos proporcione o entendimento, com saídas lógicas e estratégicas. Deste modo, como ambas possuem grande importância, elas devem ser bem entendidas para que as empresas possam aproveitá-las da melhor forma.

Deixe seu comentário

Responsável pelo sucesso do cliente na TreinaWeb. Graduada em Gestão de Tecnologia da Informação pela FATEC Guaratinguetá, além de estudante de Marketing Digital e Mídias Sociais.

© 2004 - 2019 TreinaWeb Tecnologia LTDA - CNPJ: 06.156.637/0001-58 Av. Paulista, 1765, Conj 71 e 72 - Bela Vista - São Paulo - SP - 01311-200