Carreira Dicas para quem deseja trabalhar com TI no exterior

Veja nesse artigo algumas dicas para você que deseja trabalhar com TI no exterior.

Marylene Guedes 19 de julho de 2018

No post anterior vimos que existem muitas vagas de TI no exterior. Além da experiência incrível, você pode alavancar sua carreira profissional com esse diferencial no seu currículo. Mas para isso, é necessário muita dedicação e preparo. Sendo assim, preparamos algumas dicas para te guiar ao objetivo de trabalhar fora.

HTML5 + CSS3 - Fundamentos
Curso de HTML5 + CSS3 - Fundamentos
CONHEÇA O CURSO

Seja encontrado

Os recrutadores precisam te encontrar, seja lá de onde eles sejam. Por isso, é importante você estar visível. Um exemplo simples é o LinkedIn. Além de ter uma conta ativa, ela deve estar sempre atualizada com o máximo de informações. Assim, por lá mesmo eles já conseguem conhecer mais sobre seu perfil. Você pode se conectar com pessoas de outros países que sejam da mesma área que você e fazer um networking, sendo uma prática bem comum dessa rede social.

Com o LinkedIn você também consegue visualizar diversas vagas, incluindo as vagas para o exterior, e pode se candidatar. As empresas também podem entrar em contato com você para convidá-lo para o processo seletivo de uma determinada vaga. Mesmo que não seja para o exterior, pode ser uma boa oportunidade também!

Currículo

Veja um exemplo de currículo do país que deseja ingressar. Saiba quais são os dados pessoais necessários e se tem algum documento a mais a incluir. Mas, independente de qualquer coisa, só coloque verdades no seu currículo. Aconselho a leitura de nosso artigo sobre como escrever um bom curriculo para área de TI.

Idiomas

Isso já era mais do que esperado, né? rs

Quando lemos a palavra “exterior” já vem na nossa cabeça: “Tenho que saber inglês!”. E isso é a mais pura verdade, tanto é que o inglês é considerado língua universal. Mesmo que o seu país escolhido seja um país espanhol, ainda sim o inglês é muito importante. Se tiver uma outra língua, melhor ainda. Saber falar o idioma do país facilitará muito sua adaptação e inserção na cultura.

Inclusive algumas empresas podem querer que você prove seu inglês com algum certificado. Mas geralmente, apenas com uma conversa, eles já sabem seu nível de inglês e se você sabe se virar bem. Vale lembrar que hoje, não só para conseguir vagas no exterior é necessário o inglês. Vagas aqui mesmo no Brasil já exigem isso, sendo praticamente uma obrigação ter um segundo idioma.

Portfólio

Ter um portfólio é importante para que as pessoas possam ver seus trabalhos anteriores e se esse profissional irá atender às suas expectativas. Você não contrata um fotógrafo sem antes ver algumas fotografias feitas por ele, não é mesmo? Com o portfólio podemos analisar o trabalho e na TI isso não é diferente.

Você pode utilizar o Github por exemplo, para mostrar alguns de seus projetos e assim as empresas podem até analisar seu código.

Trabalho freelancer

Antes de migrar para outro país, você pode tentar um freela remoto. Muitas empresas já fazem isso e você pode ter uma pré experiência. No Google mesmo você pode pesquisar quais sites proporcionam esses freela e pode tentar uma das vagas. Você trabalhará aqui do Brasil mesmo, podendo inclusive conciliar com seu trabalho atual e, claro, ainda ganhará na moeda do país, tendo assim uma renda extra.

Desenvolvedor Python
Formação: Desenvolvedor Python
Aprenda os principais conceitos do Python (uso de variáveis, estruturas condicionais e estruturas de decisão), como trabalhar com orientação à objetos (métodos, construtores, destrutores, classes, herança, polimorfismo e duck-typing), estruturas de dados (Listas, Filas, Pilhas, Árvores Binárias, Dicionários, Conjuntos, Tabelas de Espalhamento e Mapas), banco de dados relacionais (DB API e SQLAlchemy) e como criar aplicações desktop com o Kivy.
CONHEÇA A FORMAÇÃO

Se profissionalize

Você nunca deve parar de estudar dentro da área que escolheu. Se sua área é front-end por exemplo, se profissionalize o máximo que puder, com cursos, eventos, esteja sempre por dentro das novidades e aprendendo coisas novas. Seja o melhor no que você faz, só assim você terá as melhores oportunidades e estará na frente de muita gente.

Concluindo

Depois de todas as dicas, temos mais uma não menos importante: além de se especializar para estar pronto para essas vagas, sempre pesquise a fundo sobre o país, cultura, visto, custo de vida X salário e moradia. Esses itens são bem importantes depois que você conseguir a vaga e precisar migrar.

E como já dissemos em outro post, se isso for seu sonho, tente! E que no final dê tudo certo e isso te traga satisfação e felicidade em sua vida profissional.

E você, tem vontade de se aventurar por aí? Ou então já teve a oportunidade de trabalhar fora? Conta pra gente nos comentários. 😊

Desenvolvedor Java
Formação: Desenvolvedor Java
A formação Desenvolvedor Java da TreinaWeb tem como objetivo apresentar o desenvolvimento através do Java e todo o ecossistema para desenvolvimento da Oracle. Nesta formação, são desde tópicos básicos como o paradigma orientado a objetos, a preparação do ambiente de desenvolvimento para o Java através do Eclipse e o controle de versão de código através do Git e do GitHub. Até aspectos mais avançados como acesso a bancos de dados relacionais e o desenvolvimento de aplicações web com o Java.
CONHEÇA A FORMAÇÃO
Deixe seu comentário

Conheça o autor desse artigo

  • Foto Autor Marylene Guedes
    Marylene Guedes

    Responsável pelo sucesso do cliente na TreinaWeb. Graduada em Gestão de Tecnologia da Informação pela FATEC Guaratinguetá, além de estudante de UX/UI.

    Posts desse Autor

Artigos relacionados