Governança Tecnologia Gráficos Burndown e Burnup: qual a diferença?

Confira neste artigo a diferença dos gráficos Burndown e Burnup, utilizados no monitoramento de projetos.

Marylene Guedes 9 de outubro de 2019

Quando estamos desenvolvendo um projeto, uma parte fundamental é o controle e monitoramento, por isso o quanto mais ferramentas e opções tivermos para fazer essa verificação do progresso do projeto é bem útil. Se você já fez uso ou conhece as metodologias ágeis, como o Scrum por exemplo, já deve ouvido falar em pelo menos um desses gráficos: burndown e burnup. Caso você nunca tenha ouvido falar sobre Scrum, sugiro a leitura de nosso artigo “Scrum como ferramenta de apoio ao gerenciamento de projetos” antes de prosseguir com este.

Scrum - Planejamento e Desenvolvimento Ágeis
Curso de Scrum - Planejamento e Desenvolvimento Ágeis
CONHEÇA O CURSO

Os gráficos de burndown e burnup são ferramentas do Scrum que basicamente representam o progresso do projeto. Com esses gráficos, você consegue medir a velocidade média de entrega da equipe, além de identificar fatores que possam influenciar na produtividade, como tarefas mal planejadas, ausência de membros da equipe, etc. Existem diversas maneiras de medir a performance da equipe em um projeto, esses gráficos são um deles, fazendo a comunicação ser direta e clara, informando sobre o trabalho em curso.

Gráfico de Burndown

O gráfico de burndown mede o progresso da Sprint, comparando o que foi planejado ao que foi entregue. Assim, é possível verificar se a equipe está adiantada, no prazo ou atrasada no cronograma, e assim, ajudá-los a tomar as medidas para adaptação caso necessário e a encontrar maneiras de melhorar o trabalho de acordo com os inconvenientes que enfrentam.

Nesse gráfico é mostrado as datas no eixo horizontal e no eixo vertical é mostrado o esforço em horas. Esse gráfico deve ser atualizados todos os dias, para monitorar o progresso diário do time.

Gráfico Burndown

Gráfico de Burnup

O gráfico de Burnup apesar de ser apresentado de uma maneira próxima ao Burndown, tem o propósito de exibir o total que foi planejado e o quanto a equipe já progrediu para alcançar esse objetivo. É utilizado para medir a entrega do projeto como um todo, onde podemos ver claramente em que ponto o time está, permitindo prever se a entrega será feita na data estimada.

Esse gráfico representa o progresso em direção à finalização do projeto, tendo como eixo vertical a story points e no eixo horizontal as datas. A ideia é que as linhas se aproximem, até as duas projeções se encontrarem, assim o projeto estará completo. Você pode atualizar esse gráfico ao final de cada sprint, para que o time possa ver o desempenho em relação a todo o projeto.

Gráfico Burnup

Quais as diferenças?

Os dois gráficos representam o progresso na entrega do projeto. O gráfico de burndown mostra o quanto falta para atingir a meta, enquanto o burnup mostra o que já foi feito até o momento do projeto. O gráfico de Burnup mostra as informações sobre o status do projeto como um todo, não apenas da sprint (caso do burndown).

Esses gráficos nos auxiliam muito pois conseguimos ver de forma clara e visual, principalmente em reuniões de equipe, para ver se tudo está caminhando como deveria. Caso tenha algo afetando, pode ser discutido ações e medidas para solucionar esses problemas, a fim de não comprometer a entrega do projeto. Nas imagens deste artigo, vimos que até o Trello nos ajuda na elaboração destes gráficos.

Não perca nossa série de artigos sobre metodologia ágil.

Formação:
CONHEÇA A FORMAÇÃO
Deixe seu comentário

Conheça o autor desse artigo

  • Foto Autor Marylene Guedes
    Marylene Guedes

    Responsável pelo sucesso do cliente na TreinaWeb. Graduada em Gestão de Tecnologia da Informação pela FATEC Guaratinguetá, além de estudante de UX/UI.

    Posts desse Autor

Artigos relacionados