Desenvolvimento Back-end O que é F# (F Sharp)?

Veja neste artigo o que é a Linguagem de Programação F# (F Sharp).

Ana Paula de Andrade 13 de outubro de 2020

Desenvolvida em 2005, a linguagem de programação F# (F sharp) é uma linguagem de programação multiparadigma, de código aberto e multiplataforma.

Dentre os paradigmas existentes, o F# é uma linguagem funcional, imperativa e orientada à objetos que permite que usuários e organizações lidem com problemas de computação complexos, porém sendo realizados de maneira que o seu código é considerado simples, de fácil manutenção e robusto.

F# (F Sharp) - Fundamentos
Curso de F# (F Sharp) - Fundamentos
CONHEÇA O CURSO

O que é uma linguagem multiparadigma?

Linguagens multiparadigmas são linguagens que suportam vários paradigmas de programação e os utilizam para a solução de diversos problemas.

Ou seja, são as diversas características que determinada linguagem possui que a intitula como uma linguagem multiparadigma. Os paradigmas existentes são:

  • Funcional;
  • Lógico;
  • Declarativo;
  • Imperativo;
  • Orientado a objetos;
  • Orientado a eventos;

Dentre diversas linguagens multiparadigmas, podemos citar:

Aqui no blog possuímos um artigo sobre “Linguagens e paradigmas de programação” para que você possa entender melhor sobre o tema.

De volta ao F#…

Apesar de ser uma linguagem multiparadigma, suas características deixam claro que estamos falando de uma linguagem com vocação funcional.

O paradigma funcional vem ganhando cada vez mais adeptos, principalmente por conta de sua estrutura, simplicidade e poder que as linguagens funcionais oferecem. Perfeito para ambientes escaláveis, o F# possui uma influência muito forte de linguagens como o C++ e o OCaml, o que lhe conferiu uma sintaxe fluída, direta, simples e poderosa ao mesmo tempo.

Sintaxe

A sintaxe do F# é considerada simples e de fácil entendimento. Por ser uma linguagem de alto nível (focada na linguagem humana), o F# possui comandos intuitivos.

Diferente de diversas linguagens, o F# possui dois tipos de sintaxe, a sintaxe leve e a sintaxe verbosa. A sintaxe leve é mais curta e utiliza a indentação por espaços para determinar o início e fim de um bloco de código, como no Python. Já a sintaxe verbosa, que não é comumente utilizada, utiliza as palavras begin, end e in para delimitar o início e fim de um bloco.

Por padrão, a sintaxe do F# é a sintaxe leve e as principais diferenças entre elas podem ser vistas na tabela abaixo:

SINTAXE F#

Podemos perceber então que a sintaxe leve é mais simples de entender e escrever quando comparado com a sintaxe verbosa.

Características da linguagem

Como vimos durante todo o artigo, o F# é uma linguagem predominantemente funcional, simples, rápida e intuitiva. Além disso, o F# possui algumas características predominantes:

  • Dois tipos de sintaxe;
  • Não utiliza ponto e vírgula para finalizar uma instrução;
  • Suporta diferentes paradigmas computacionais;
  • Multiplataforma;
  • Dentre outros.

Concluindo

O F# é uma das principais linguagens funcionais do mercado. Muito utilizada por organizações para resolver problemas complexos e funcionar em ambientes escaláveis, esta linguagem pode se tornar uma excelente alternativa quando o desenvolvedor necessitar de uma linguagem robusta, funcional e, ao mesmo tempo, simples e escalável.

No site do F# podemos encontrar sua documentação, download e como contribuir para a linguagem.

Deixe seu comentário

Conheça o autor desse artigo

  • Foto Autor Ana Paula de Andrade
    Ana Paula de Andrade

    Graduanda em Sistemas de Informação pelo Instituto Federal da Bahia. É responsável pelo atendimento ao cliente, gerenciamento de redes sociais e revisão de cursos, além da redação de artigos para o blog da TreinaWeb.

    Posts desse Autor

Artigos relacionados