Criado pelo Google, o Flutter é um Framework para o desenvolvimento de aplicativos mobile para Android e iOS muito utilizado atualmente no mercado.

Caso você não saiba o que é um Framework:

O framework é um facilitador no desenvolvimento de diversas aplicações e, sem dúvida, sua utilização poupa tempo e custos para quem utiliza, pois de forma mais básica, é um conjunto de bibliotecas utilizadas para criar uma base, onde as aplicações são construídas, um otimizador de recursos.

Possui como principal objetivo resolver problemas recorrentes com uma abordagem mais genérica. Ele permite ao desenvolvedor focar nos “problemas” da aplicação, não na arquitetura e configurações.

De volta ao Flutter…

De código aberto sobre a BSD License e multiplataforma, o Flutter possui como linguagem base o Dart para criação de aplicativos.

Grandes empresas vêm apostando no Flutter, como: Google, Alibaba, Groupon, Nubank, Google entre outras. Um dos grandes motivos para esta aposta é justamente a forma com que o Flutter funciona para criação de aplicações.

Ao criar um aplicativo com o Flutter, seu código é compilado para a linguagem base do dispositivo, ou seja, as aplicações são realmente nativas e por isso conseguem acessar recursos do dispositivo sem a “ajuda” de terceiros e com o desempenho maior. A figura abaixo ilustra as diferanças destes acessos entre o React Native e o Flutter:

Características do Flutter

Diversas são as características do Flutter. Dentre elas podemos citar:

  • Multiplataforma – Podemos desenvolver aplicações com Flutter em qualquer sistema operacional (Windows, Linux e MacOS);
  • Criação de aplicações nativas a partir de um único código base – Com o Flutter é possível desenvolvermos aplicações nativas para Android e iOS;
  • Acesso direto aos recursos nativos do sistema – Uma aplicação criada com Flutter possui acesso nativo aos recursos do dispositivo (câmera, wifi, memória, etc);
  • Maior desempenho – As aplicações criadas com Flutter possuem um maior desempenho quando comparadas ao React Native, por exemplo, pois todo seu código-fonte é transformado em código nativo.
Flutter - Fundamentos
Curso de Flutter - Fundamentos
CONHEÇA O CURSO

Sintaxe

Como vimos anteriormente, o Flutter utiliza o Dart para criação de aplicações e toda sua interface é criada por meio de widgets. O trecho de código abaixo demonstra uma simples aplicação:


import 'package:flutter/material.dart'; void main() { runApp(MaterialApp( // Title title: "TreinaWeb", // Home home: Scaffold( // Appbar appBar: AppBar( // Title title: Text("TreinaWeb"), backgroundColor: Colors.pink, ), // Body body: Container( // Center the content child: Center( // Add Text child: Text("Olá, Mundo! :)"), ), ), ))); }

O código acima resultará no seguinte app:

Podemos concluir que…

O Flutter é atualmente um dos principais frameworks para o desenvolvimento de aplicações mobile. Criado pela Google, com o Flutter conseguimos desenvolver aplicações nativas para Android e iOS a partir de um único código base.

Diversas empresas têm investido no Flutter para desenvolvimento de suas soluções, desta forma, o Framework tem tudo para se transformar em uma excelente opção de estudo para desenvolvedores que buscam uma alternativa para suas aplicações.

Deixe seu comentário

Graduanda em Sistemas de Informação pelo Instituto Federal da Bahia. É responsável pelo atendimento ao cliente, gerenciamento de redes sociais e revisão de cursos, além da redação de artigos para o blog da TreinaWeb.