O que é o ASP.NET Core?

O ASP.NET Core é uma versão do ASP.NET para a plataforma .NET Core. Só que antes de conhecê-lo precisamos voltar um pouco no tempo.

Em 2002, no lançamento da versão 1.0 do .NET Framework, a Microsoft lançou com esta plataforma o ASP.NET, como um sucessor da tecnologia ASP ( Active Server Pages).

Por se tratar de uma extensão do .NET Framework, assim como ele, no início o ASP.NET possuía poucos recursos. Suportava todas as linguagens de programação compatíveis com a plataforma .NET, mas ainda era muito limitado.

C# (C Sharp) - APIs REST com ASP.NET Web API
Curso de C# (C Sharp) - APIs REST com ASP.NET Web API
CONHEÇA O CURSO

Replicando o desenvolvimento Desktop na web

No seu lançamento, o ASP.NET trouxe o modelo de aplicação Web Forms (ASP.NET Web Forms), cujo objetivo era replicar o desenvolvimento Desktop em uma aplicação web.

Em 2002, o desenvolvimento Desktop possuía ferramentas como Delphi e Visual Basic, que permitiam que uma tela fosse criada com o arrastar de controles. Desta forma, o desenvolvedor não precisava se preocupar com a codificação dos componentes da interface, apenas com a lógica de negócios.

Replicando isso na web, o ASP.NET Web Forms permitia que os desenvolvedores criassem interfaces web arrastando componentes. O ASP.NET se encarregaria de criar o HTML, CSS e JavaScript da página, e o desenvolvedor poderia focar na lógica de negócio da aplicação.

Olhando em retrospecto, na época esta foi uma boa solução, pois ajudou os desenvolvedores Desktop migrarem para o desenvolvimento web. Entretanto, o HTML gerado pelo ASP.NET tinha pouca legibilidade, hoje seria considerado um código muito poluído, por isso ao logo do tempo o Web Forms entrou em desuso e hoje está descontinuado.

Padrões de projetos vem ao resgate

Para melhorar a qualidade das aplicações ASP.NET, em 2009 foi lançado o modelo de aplicação MVC (ASP.NET MVC), cujo objetivo era aplicar o padrão de projetos MVC. Neste tipo de aplicação, os componentes são separados em três camadas lógicas:

  • Model (camada de negócio);
  • View (camada de apresentação);
  • Controller (camada de controle).

Um model representa o estado de um aspeto particular da aplicação. O controller lida com as interações e alterações do model para refletir o estado da aplicação e passa essas informações para a view. A view recebe as informações do controller e as exibe para o usuário.

Não possuindo mais o recurso de arrastar componentes para criar as páginas, mas isoladas na camada view, o ASP.NET MVC permitia que um desenvolvedor front-end pudesse focar na criação das páginas, enquanto outro lidasse com a lógica de negócio das camadas model e controller.

A constante busca pela evolução

Buscando uma evolução constante, ao longo do tempo foram lançados vários recursos ao ASP.NET, como: Web API, que permite criar APIs; Razor, uma template engine; ASP.NET AJAX, que facilita a adição de Ajax em aplicações ASP.NET; entre outros.

Nesta procura por evolução, a Microsoft notou que a comunidade poderia ajudá-la, assim, em 2012 decidiu abrir o código fonte do ASP.NET (entre outros produtos). E trabalhando em conjunto com a comunidade nas atualizações do ASP.NET, notou que a plataforma necessitava de muitas modificações que não poderiam ser aplicadas na versão existente, assim nasceu o ASP.NET Core.

C# (C Sharp) Intermediário
Curso de C# (C Sharp) Intermediário
CONHEÇA O CURSO

Então surge o ASP.NET Core

Sucessor do ASP.NET, o ASP.NET Core é um framework open-source, multiplataforma, criado pela Microsoft e a comunidade. Leve, rápido e modular, funciona em conjunto com o .NET Core.

Lançado em 2016, mesmo sendo um sucessor do ASP.NET, o ASP.NET Core foi criado totalmente do zero, para que não precisasse se preocupar com código legado permitindo assim seguir o padrão de desenvolvimento web moderno.

Assim como outras plataformas, o ASP.NET Core é totalmente modular, recursos podem ser adicionados via pacotes Nuget. O que permitiu que a plataforma fosse mais performática que seu antecessor. Além disso, não necessita de uma IDE específica, todo desenvolvimento pode ser feito via linha de comando. O que permite que uma aplicação criada em uma plataforma possa ser movida para outra, sem a perda de nenhum recurso ou funcionalidade.

Devido a todo seu poder, caso necessite criar uma aplicação web, não deixe de dar uma olhada no ASP.NET Core.

Deixe seu comentário

Instrutor, nerd, cinéfilo e desenvolvedor nas horas vagas. Graduado em Ciências da Computação pela Universidade Metodista de São Paulo.

© 2004 - 2019 TreinaWeb Tecnologia LTDA - CNPJ: 06.156.637/0001-58 Av. Paulista, 1765, Conj 71 e 72 - Bela Vista - São Paulo - SP - 01311-200