O que é o Symfony Flex e como ele funciona

O Symfony é um dos frameworks mais utilizados na linguagem PHP. Ele possui grande importância no ecossistema, pois além da utilização direta do framework, diversas outras ferrramentas e até frameworks utilizam seus componentes como base de desenvolvimento. Mesmo com tanta relevância o Symfony não era tão falado na comunidade brasileira, porém com as novidades apresentadas nos últimos tempos ele voltou a ganhar bastante destaque. Inclusive, prova disso é o evento oficial da Symfony que aconteceu em São Paulo.

Um dos recursos mais interessantes aprensentados pela equipe do Symfony é o Flex. Ele automatiza o processo de configuração das dependências no momento da instalação. Isso possibilita ao desenvolvedor começar o projeto com o mínimo possível de dependencias, algo parecido com um micro framework, e adicionar novas dependencias de forma muito fluida até chegar a uma estrutura parecida com um framework full stack.

O que é Symfony Flex

O Symfony Flex é um plugin para composer. Ele automatiza os principais processos na hora da criação do projeto e instalação das dependências. Pode ser usado a partir da versão 3.4 do Symfony e passou a ser usado por padrão a partir da versão 4. O Flex altera o comportamento padrão de alguns dos comandos do Composer para permitir a automatização das tarefas de gerenciamento do projeto.

Quando realizamos a instalação de um novo pacote do composer, o Symfony Flex verifica dentro de um repositório próprio se existe alguma automatização correspondente a essa dependência, se existir ele executa as ações definidas.

O que são Recipes

Recipe (receita) é o nome dado ao conjunto de arquivos responsável pela automatização do processo de instalação de uma dependência específica. As instruções são definidas dentro de um arquivo chamado manifest.json que fica dentro do repositório do Flex, veja um exemplo abaixo:

{
    "bundles": {
        "Symfony\\Bundle\\DebugBundle\\DebugBundle": ["dev", "test"]
    },
    "copy-from-recipe": {
        "config/": "%CONFIG_DIR%/"
    }
}

O recipe acima está pedindo para adicionar um novo bundle no arquivo de configuração e copiar a pasta config de dentro do repositório do Symfony Flex para o projeto. Esse arquivo faz parte do recipe de debug https://github.com/symfony/recipes/blob/master/symfony/debug-bundle/4.1/manifest.json

Ao executar essas tarefas, o Flex evita que o desenvolvedor necessite executar manualmente, diminuindo a chance de erro e a complexidade de instalação de novos pacotes.

Repositório de recipes

O Symfony Flex possui 2 repositórios de recipes. O primeiro é o repositório oficial onde somente projetos da equipe do Symfony são colocados:

O segundo é o repositório contrib onde qualquer pessoa pode submeter um recipe para automatizar as configurações do seu bundle.

Ainda é possível criar repositórios privados onde podemos colocar as recipes do Flex que serão usadas somente dentro dos nossos projetos.

Como o Flex cria a estrutura da aplicação Symfony na instalação

Como instalar novas dependências no projeto

Uma vez que temos uma aplicação que utiliza o Flex podemos facilmente instalar novas dependências e se beneficiar das automatizações. O Symfony possui uma página onde podemos consultar todos os recipes tanto oficiais quanto do repositório de contrib https://flex.symfony.com, vamos procurar por twig:

Note que temos vários recipes relacionados ao twig. Vamos instalar o pacote symfony/twig-bundle.

composer require symfony/twig-bundle

Se tudo der certo o resultado final será parecido com esse:

Note que após instalar o pacote do composer no projeto ele executou o recipe. Ao fazer isso o Flex configurou todos os detalhes necessários para o Twig funcionar no seu projeto. Podemos ver isso na prática se olharmos no Git as alterações realizadas:

Apelidos para os pacotes do Flex

Alguns pacotes possuem Aliases (apelidos). Se notar o pacote que instalamos verá que ele possui alguns nomes definidos:

O principal objetivo do alias é facilitar na hora de instalação, podemos fazer simplesmente:

composer require twig

Ou

composer require template

Se estiver dentro de uma aplicação que não utiliza o Flex, o composer não vai encontrar esses pacotes, pois o padrão para identificação de pacotes do composer é nome-vendor/nome-pacote. Usar apelidos só é possível graças ao Symfony Flex e em pacotes que possuem Recipes.

Prefetch e download simultâneo

Quando usamos o Flex ele adiciona 2 funções muito interessantes ao composer:

  • Prefetch – Ele baixa todos os pacotes necessários antes de iniciar a instalação
  • Download Simultâneo – O composer por padrão baixa uma dependência por vez, com uso do Flex ele passar a realizar o download ao mesmo tempo de vários pacotes, tornando mais rápido o processo.

O interessante é que se instalarmos o Flex globalmente no sistema operacional esses 2 recursos passam a ser usados em qualquer projeto, mesmo que não utilize o Symfony. Para instalar o Flex global basta executar:

composer global require symfony/flex 

Conclusão

O Flex torna o gerenciamento das dependências de uma aplicação muito mais simples, rápido e seguro. Uma vez que remove a necessidade de configuração manual por parte do desenvolvedor. Além disso ele ainda conta com uma série de recursos avançados que facilitam o trabalho diário de manutenção de aplicações Symfony.

Deixe seu comentário

Desenvolvedor, autor e instrutor. Apaixonado por desenvolvimento de software e tudo ligado a área de tecnologia. É autor de cursos em diversos temas, como, desenvolvimento back-end, cloud computing e CMSs. Nas horas vagas adora estudar sobre o mercado financeiro, cozinhar e brincar com pequeno Daniel de 1 ano.

JUNTE-SE A MAIS DE 150.000 PROGRAMADORES