O que é uma API?

Você já deve ter ouvido falar, pelo menos alguma vez, sobre esse termo chamado “API” e pode ter pensado o que realmente vem a ser uma API e como ela pode ajudar os desenvolvedores no seu trabalho do dia a dia. Vamos ver então neste artigo o que vem a ser uma API.

Uma API (Application Programming Interface) pode ser definida como um conjunto de padrões que permite a construção de aplicativos, onde ele conecta aplicações, podendo ser utilizada nos mais variados tipos de negócios.

Apesar de ter essa integração, quando um usuário estiver navegando em um site que tem uma integração com uma API por exemplo, nem saberá que sua aplicação está fazendo uma comunicação com uma API, pois ela é invisível ao usuário comum, já que ele enxerga apenas a interface dos softwares e aplicativos.

Com a API você tem uma interface para que um sistema se comunique com outro sistema, compartilhando suas ações e ferramentas. A comunicação é feita através de vários códigos, definindo comportamentos específicos.

Além de conectar sistemas, elas têm um papel muito importante na criação de aplicativos porque nos ajudam muito na produtividade. Você mesmo com certeza já acessou um site onde tinha uma integração com uma API. Vou te explicar melhor com dois exemplos.

Imagine que você está navegando por um site para a compra de um produto. Depois de escolher, você deseja saber quanto isso custará para chegar até o seu endereço e quais são as opções de envio (PAC, SEDEX, etc) e o tempo estimado. Quando você digita o seu CEP para esse cálculo de frete, o site está utilizando provavelmente uma API dos Correios. Isso também vale na hora de efetuar o pagamento, caso o site também aceite PayPal ou o PagSeguro, por exemplo. A transação financeira acaba sendo por meios dessas APIS e diretamente com o site do meio de pagamento. Ou seja, a integração desses sistemas e os sites que utilizamos como exemplo, se dão por meio de uma API.

Outro exemplo é a API do Google Maps. Se você está num site procurando um hotel, já deve ter percebido que aparece um mapa do Google Maps indicando onde é o local exatamente, e através deste mapa você consegue até mesmo navegar por ele.

Muitas pessoas podem confundir uma API com um outro termo muito falado ultimamente, que são os endpoints. Um endpoint é basicamente o que um serviço expõe e esse serviço pode ser acessado por uma aplicação, por isso muitas vezes acaba sendo confundido com uma API, mas vale ressaltar que não é.
Um endpoint contém três principais características: Address (onde o serviço está hospedado), Binding (como o serviço pode ser acessado) e Contract (o que tem no serviço). Além disso, uma API pode existir sem um endpoint e vice-versa.

É seguro utilizar uma API?

As APIs são muito úteis e tem diversos benefícios, além disso proporciona uma troca de informações muito segura, já que somente o proprietário da aplicação define quais informações estarão disponíveis. Você pode e deve utilizar uma API quando necessário, mas sempre visando pontos importantes de segurança.

É importante utilizar SSL nas conexões das APIS, assim toda a comunicação e dados enviados pelas APIS serão transportados criptografados pelo HTTPS. A autenticação também é importante para isolar o que pode ser fornecido de informação para cada um dos softwares que chama a API. Um exemplo são os tokens, que são validados como se fossem uma senha, pois são identificadores únicos que são enviados juntos das chamadas aos endpoints das APIs.

Para levar as informações de um lado para o outro, geralmente é utilizado o JSON, muito utilizado para retornar os dados das APIS baseadas em web. Além disso, esse conceito ocupa pouco espaço e é fácil de transportar via rede.

Apesar de estarmos falando o tempo todo de APIs mais voltadas para web, uma API não necessariamente é utilizada via web. Quem desenvolve softwares desktop pra Windows também pode utilizar APIS, como por exemplo utilizar as APIs do sistema operacional.

Depois que você tiver mais experiência além de consumir APIS de outras pessoas ou empresas, você pode construir as suas próprias, assim você pode utilizar em diversos outros projetos, poupar tempo e até mesmo disponibilizá-las para outras pessoas usarem.

Deixe seu comentário

Responsável pelo sucesso do cliente na TreinaWeb. Graduada em Gestão de Tecnologia da Informação pela FATEC Guaratinguetá, além de estudante de Marketing Digital e Mídias Sociais.

JUNTE-SE A MAIS DE 150.000 PROGRAMADORES