Carreira Estudos Por que investir em uma carreira de tecnologia?

Para você que está pensando investir em uma carreira de tecnologia, porém ainda tem algumas dúvidas, vale a pena dar uma conferida neste artigo!

João Paulo Soares 10 de fevereiro de 2021

Aquele momento de decidir uma carreira, ou simplesmente mudar a área de atuação, é sem dúvida uma etapa importante na vida de qualquer indivíduo. É preciso avaliar bem as vantagens e desvantagens de determinado caminho profissional, bem como analisar questões relacionadas ao salário e oportunidades de crescimento. Para você que está pensando investir em uma carreira de tecnologia, iremos destacar alguns pontos que podem ser do seu interesse.

Crescimento do setor de tecnologia

Primeiramente, uma das áreas que mais crescem no Brasil é a de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). De acordo com dados da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), somente entre janeiro e outubro de 2020, o país criou 20 mil empregos, apesar das adversidades geradas pela pandemia do coronavírus.

“O setor de TIC é o que tem se mostrado mais resiliente frente a outros setores do mercado de trabalho nacional, continua crescendo e gerando empregos mesmo apesar da pandemia”, destaca o relatório de resiliência econômica da Associação.

Uma qualificação em tecnologia pode inserir um profissional em diversas áreas requisitadas pelo mercado de trabalho: programação (que corresponde a cerca de 40% das vagas), engenharia de software, cloud computing, data science, inteligência artificial, analista de segurança e de sistemas, gestão de projetos em TI, entre outras.

Diante deste panorama, dados da Brasscom ainda destacam que o Brasil deve demandar mais profissionais especializados em tecnologia nos próximos anos. Segundo o relatório setorial de Tecnologia da Informação e Comunicação, até 2024, o país poderá ter um crescimento de 420 mil profissionais atuando na área de tecnologia.

Investimento no mercado de tecnologia

Embora o mercado esteja investindo na área de tecnologia, devido ao crescimento do setor a cada ano, não há profissionais com a formação e o conhecimento necessário em número suficiente. Por isso, não é incomum que empresas disputem profissionais especializados, e que este escolha a melhor oportunidade, de acordo com a cultura corporativa e com os benefícios de cada empresa.

Segundo dados de um levantamento realizado pela Catho, a média salarial de um profissional Junior no mercado de tecnologia é de R$ 2.400,00 e de um Gerente de Tecnologia da Informação é de R$ 9.100,00 – obviamente podendo variar entre as qualificações e experiências.

Por outro lado, as organizações também se queixam da falta de profissionais com certificações em tecnologia e com linguagens de programação mais recentes, por isso o estudo continuo deve fazer parte da vida deste profissional.

Como investir em uma carreira de tecnologia?

Com o crescimento de startups e de empresas que estão adotando uma cultura mais flexível, as organizações estão valorizando mais a proatividade e a comprovação de conhecimentos, do que necessariamente diplomas universitários.

Diante disso, diversas empresas costumam contratar programadores e outros tipos de profissionais de tecnologia que são autodidatas. E esta é uma das principais habilidades que qualquer pessoa que deseja atuar nesta área precisa desenvolver: aprender sozinho e de maneira otimizada.

Assim sendo, vale destacar que os cursos da TreinaWeb permitem que você vá do zero ao profissional nas tecnologias mais utilizadas no mercado atual. Aliás, temos diversas dicas para programadores iniciantes e para impulsionar sua carreira como desenvolvedor caso você já atue.

Considerações finais

Para conquistar as melhores vagas na área que mais tem demanda por novos profissionais, é necessário ser curioso, criativo, proativo, mas também ser flexível para trabalhar com diferentes equipamentos e sistemas.

A tecnologia está diretamente ligada a melhorar a vida das pessoas e da sociedade. Um profissional desta área deve usar sua criatividade frequentemente para desenvolver ferramentas, programas, sistemas e/ou aplicativos que interfiram positivamente na rotina das pessoas.

Todas as novidades que surgem no universo digital e, posteriormente, todos agradecem a existência por facilitar o dia a dia, vieram de um profissional de TI. Caso você ainda tenha dúvidas, saiba que eu mesmo mudei do jornalismo para a tecnologia. Até aqui está valendo a pena.

Deixe seu comentário

Conheça o autor desse artigo

  • Foto Autor João Paulo Soares
    João Paulo Soares

    Possui MBA em Arquitetura e Engenharia de Software e bacharelado em Jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul - USCS. Realizou intercâmbio acadêmico em Jornalismo pela Facultad de Letras y Comunicación da Universidad de Colima, no México. Atuou como redator de entretenimento e tecnologia na rádio Metropolitana FM e atualmente trabalha como Analista de Qualidade de Software.

    Posts desse Autor

Artigos relacionados