Testes e Projetos Quality Assurance (QA) e sua importância no desenvolvimento de software

Aplicar os métodos de QA geram confiança e segurança aos clientes, indicando que os seus produtos terão a qualidade esperada na etapa de implantação.

João Paulo Soares 14 de outubro de 2020

Quality Assurance (QA), ou Garantia da Qualidade, em português, pode ser definida como um conjunto de ações que as empresas realizam com o objetivo de entregar aos consumidores um produto ou serviço com alto nível de qualidade. No desenvolvimento de software, aplicar os métodos de QA geram confiança e segurança aos clientes, indicando que os seus produtos terão a qualidade esperada na etapa de implantação.

O profissional de Quality Assurance deve ter conhecimento sobre as atividades do projeto, além de ter um perfil analítico. Ele verifica se os padrões de qualidade estão sendo atendidos e se todos os requisitos mínimos esperados no produto serão entregues. Por outro lado, é fundamental que a empresa siga uma sequência de ações previamente planejadas e sistematizadas, como um conjunto de regras que deverá ser seguido.

Para que a qualidade do produto seja maximizada, o ideal é que todos os processos sejam documentados, como, por exemplo, o planejamento, a determinação de tarefas e responsabilidades, o registo dos resultados e todos os mecanismos de fiscalização que se aplicam dentro da organização.

Qual a importância do Quality Assurance (QA)?

A garantia da qualidade busca reduzir custos e evitar desperdícios. Isso é possível porque o QA possibilita melhorar a produtividade da organização, fazendo que ela foque no cumprimento dos objetivos e no que os clientes esperam da qualidade do produto. Além disso, estas ações identificam as atividades que aumentam os gastos e não trazem valor ao processo. Para que isso seja feito com maestria, o profissional de Quality Assurance deve acompanhar desde a elaboração do projeto, passando pelo desenvolvimento, até as etapas de implementações.

Outro impacto positivo da Quality Assurance é em relação a satisfação do cliente. O QA permite obter melhorias na qualidade dos produtos entregues ao cliente, o que sem dúvida dará a confiança necessária de que a qualidade desejada está sendo alcançada e será mantida, pois tudo está documentado e certificado.

Em suma, a implementação do Quality Assurance (QA) pode trazer diversos benefícios, tais como:

  • Redução de custos operacionais;
  • Redução de retrabalhos;
  • Auxilia na identificação de problemas;
  • Entrega de produtos com maior qualidade;
  • Melhora na satisfação do cliente;
  • Melhora na estimativa dos projetos;
  • Otimização da rotina de trabalho.

Processos do Quality Assurance (QA)

Manual de administração

O manual de gestão de projetos inclui dados importantes que devem ser considerados, para serem utilizados no plano de gestão da qualidade de cada empresa, pois os procedimentos específicos são definidos para atingir os objetivos de uma forma particular para cada organização.

Controle de qualidade

As medidas de controle de qualidade permitem estabelecer o grau ou nível de qualidade alcançado em cada atividade avaliada no processo. Podem ser utilizados critérios como desempenho nos prazos estabelecidos, cumprimento na execução dos orçamentos, frequência de aparecimento de erros ou defeitos no processo, entre outros.

Relatórios de desempenho

Relatórios de desempenhos alcançados devem ser feitos periodicamente ao longo do desenvolvimento das diferentes partes do projeto, pois isso permitirá monitorar como todas as atividades estão sendo realizadas e evitar maiores custos. Além disso, é possível avaliar se os prazos estão sendo cumpridos – com base nos cronogramas já elaborados -, o andamento do processo de entrega, o desempenho técnico e qualquer atividade que implique custos.

Desenvolvimento e implementação de QA

Para poder desenvolver e implementar um sistema de QA, é preciso considerar os seguintes pontos:

  • Para o bom andamento de um projeto de implantação de um sistema de garantia da qualidade, é imprescindível que a direção da empresa esteja plenamente envolvida e convicta de que a adoção deste sistema resultará no bom funcionamento do projeto e da organização;
  • Escolha do modelo de sistema de garantia de qualidade a ser implementado, por exemplo, o ISO 9001;
  • Divulgação em todos os níveis da organização do compromisso assumido pela gestão;
  • Escolha de um responsável pela implantação e manutenção do sistema;
  • Coordenar a implementação do sistema do início ao fim;
  • Revisar e aprovar o manual da qualidade e os procedimentos operacionais;
  • Formar a equipe de trabalho e realizar revisões periódicas.

Considerações finais

Podemos afirmar que o sistema de garantia da qualidade traz muitos benefícios às empresas, principalmente na redução de custos, na entrega de produtos com a qualidade esperada e, principalmente, na garantia da satisfação de seus clientes. Como esse sistema permite a documentação dos processos para manter a entrega dos produtos e serviços com a qualidade esperada, ele deve ser sempre revisado e atualizado periodicamente, pois a melhoria contínua deve ser sempre almejada.

Deixe seu comentário

Conheça o autor desse artigo

  • Foto Autor João Paulo Soares
    João Paulo Soares

    Possui MBA em Arquitetura e Engenharia de Software e bacharelado em Jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul - USCS. Realizou intercâmbio acadêmico em Jornalismo pela Facultad de Letras y Comunicación da Universidad de Colima, no México. Atuou como redator de entretenimento e tecnologia na rádio Metropolitana FM e atualmente trabalha como Analista de Qualidade de Software.

    Posts desse Autor

Artigos relacionados