7 aspectos que revelam o futuro próspero de um desenvolvedor web

São muitas as dúvidas que envolvem a escolha de uma carreira profissional e os estudantes de tecnologia acabam ficando confusos em relação ao futuro.

Por isso, nós do TreinaWeb resolvemos divulgar algumas informações sobre uma das principais tendências de carreira da modernidade: a carreira de Desenvolvedor Web.

Certamente a carreira para desenvolvedores Web não poderia estar em um momento melhor em 2017. Em uma pesquisa feita pela Forbes em conjunto com a Robert Half, uma empresa especialista em recrutamento dos Estados Unidos, a profissão de desenvolvedor Web está entre as 10 profissões mais promissoras de 2017, com um crescimento de 5,2%:

Certamente, o profissional que optar por seguir este caminho terá um futuro garantido em termos financeiros, já que a demanda por desenvolvedores Web é alta e tende a aumentar cada vez mais. Isso é justificado porque todas as organizações, em algum momento, precisarão de um desenvolvedor web, seja para manter projetos institucionais ou para criar aplicações internas e externas para apoio ao negócio.

E não são somente as empresas cujo core business é tecnologia da informação que necessitam de desenvolvedores web: a demanda por profissionais de desenvolvimento web em áreas como publicidade e marketing só vem aumentando ano após ano.

Profissionais da área de desenvolvimento web não tem só a ganhar em termos de oferta de trabalho e salários, mas também têm a ganhar em qualidade de vida, pois a profissão permite muita flexibilidade de tempo e espaço. Hoje, é perfeitamente viável e possível para um desenvolvedor web trabalhar do conforto de sua casa para uma empresa que às vezes nem fica no Brasil.

Neste artigo abordaremos 7 aspectos que revelam essa tendência positiva aos futuros desenvolvedores web.

  1. O mundo segue uma tendência digital
  2. As tecnologias e as linguagens estão mudando rapidamente
  3. Alta demanda por profissionais qualificados
  4. Diversas possibilidades de atuação: funcionário, prestador de serviços ou empreendedor digital
  5. Alta probabilidade de valorização individual
  6. Ótima remuneração financeira
  7. Alta probabilidade de qualidade de vida elevada

Boa leitura e não esqueça de comentar no final. =)

Ahh, e depois de ler o artigo, sugerimos que você confira a exclusiva Formação de Desenvolvedor Web Iniciante que preparamos pra você.

1. O mundo segue uma tendência digital

É fácil perceber: praticamente todas as empresas, desde as pequenas até as grandes, estão fazendo uso da tecnologia digital para otimizar os seus negócios em vários âmbitos, como por exemplo, propaganda e marketing, automatização de processos, comunicação interna, entre muitas outras aplicabilidades.

Os smartphones mostraram que vieram para ficar e já são a tela preferida de praticamente todos as pessoas. Por isso, algumas empresas se adaptaram e passaram a oferecer diversos serviços e comodidades por meio dessas telinhas. Isso é comprovado por uma pesquisa do IBGE que mostra que, entre todas as pessoas que acessam a internet regularmente no Brasil, 92,1% fazem esse acesso pelo celular, enquanto 70,1% fazem esse acesso pelos computadores tradicionais. Pelas diferenças nas porcentagens de acesso, já podemos perceber que uma parte considerável da população utiliza os smartphones como forma primária e única para acesso à internet e, consequentemente, para consumo de conteúdo, entretenimento, comunicação e negócios.

Desenvolvedor Java Web Júnior
Formação: Desenvolvedor Java Web Júnior
A formação Desenvolvedor Java Web nível Júnior da TreinaWeb tem como objetivo a introdução à tecnologias web que são utilizadas em conjunto com o Java para a criação de aplicações e páginas web. A formação aborda as estruturas básicas para o desenvolvimento web: o HTML 5, o CSS 3 e o JavaScript. Em seguida, são abordadas as estruturas essenciais para o desenvolvimento de aplicações web com o Java em conjunto com o HTML, o CSS e o JavaScript, como o Java Server Pages (JSP), a JSTL (Java Server Pages Standard Library) e a EL (Expression Language). No fim, um dos frameworks para desenvolvimento web com Java mais utilizados no meio corporativo é apresentado: o Struts2.
CONHEÇA A FORMAÇÃO

No entanto, a maioria das empresas ainda não está fazendo uso do mobile e sobram oportunidades para desenvolvedores web auxiliarem nesta empreitada, seja como funcionário fixo ou até mesmo como prestador de serviços.

Uma coisa é fato: O mundo está se tornando extremamente digital. As empresas precisam se adequar a essa realidade, se fazendo cada vez mais presentes na internet e nos smartphones… E isso é algo extremamente positivo para o profissional que decidir seguir uma carreira nesta área.

2. As tecnologias e linguagens estão mudando rapidamente

O que funciona perfeitamente e é moda hoje pode se tornar obsoleto amanhã. Este é o cenário atual, pois o mundo digital está evoluindo com muita rapidez e com isso há a necessidade de novas tecnologias e recursos.

Isso pode parecer ruim, mas na verdade, esse avanço rápido garante uma oxigenação constante de vagas profissionais, pois ao mesmo tempo em que surgem novas vagas para os profissionais mais antenados e atualizados com as tecnologias novas, há também oportunidades de atender empresas que estão em migração ou até mesmo aquelas que optam por continuar usando tecnologias mais antigas.

Outro ponto importantíssimo é que os ambientes web e mobile já são os principais, tomando frente em relação às aplicações desktop.

Está curtindo a ideia de se tornar um desenvolvedor web? Então não deixe de conferir a nossa exclusiva Formação de Desenvolvedor Web Iniciante que preparamos pra você.

3. Alta demanda por profissionais qualificados

Assim como em qualquer área, os melhores se destacam. E no mundo digital, muitas vezes os melhores não necessariamente são os mais experientes. Muitas organizações estão valorizando os mais atualizados, ou seja, aqueles que acompanham e correm para aprender as novidades.

Acontece que muitas empresas estão buscando profissionais com perfil de aprendiz, ou seja, dispostos a aprender e apaixonados pela resolução de problemas.

Esses perfis de profissionais na maioria das vezes com pouca experiência, estão sendo considerados muito importantes pelas empresas, pois para as organizações não compensa manter funcionários que estão parados no tempo e não acompanham as tendências.

Por isso, existem muitas oportunidades para aqueles que estão com garra e vontade de aprender.

4. Diversas possibilidades de atuação: funcionário, prestador de serviços ou empreendedor digital

O profissional que decidir se tornar um desenvolvedor web é privilegiado, pois pode trabalhar de diversas formas dependendo das suas preferências ou da sua “visão de evolução na carreira”.

Para alguns, se manter numa empresa muitos anos é o cenário preferido, pois garante uma boa estabilidade com ótima remuneração, além de se tornar cada vez mais uma peça chave na organização.

Já para outros, ser funcionário é apenas um ponto de partida para que em seguida se possa montar seu próprio negócio de prestação de serviços na área, podendo ganhar muito mais que um funcionário. No entanto, esta empreitada envolve muito mais do que conhecimento técnico e exigirá do profissional um espirito empreendedor, muita resiliência e visão de negócios.

Há também o que é considerado “sonho” para muitos: aliar a tecnologia ao empreendedorismo e conseguir criar sua própria aplicação, software ou produto digital e assim ter a possibilidade de maiores rendimentos devido a escalabilidade dos negócios digitais e também, se bem administrado, uma qualidade de vida superior.

São diversas ramificações de carreira que o desenvolvedor web pode seguir e, portanto, um grande diferencial desta área.

Como o mercado para desenvolvedores web está em um momento excelente pelos motivos destacados anteriormente, as três possibilidades podem ser atingidas por quem trabalha com linguagens web.

5. Alta probabilidade de valorização individual

O que queremos dizer com isso é que independentemente se o desenvolvedor web trabalha numa empresa, é prestador de serviço ou tem seu próprio negócio digital ele certamente poderá trabalhar o seu “nome” ao longo do tempo.

Assim como os advogados e médicos tem uma alta valorização por seu nome, o desenvolvedor web poderá trabalhar o seu portfolio e seu marketing pessoal ao longo de sua carreira, conquistando assim um ativo muito valioso e que perdura no tempo: a valorização do seu nome.

É claro que essa tarefa não é simples e nem rápida, mas o profissional que se atentar às suas entregas e que sempre procurar divulgar e tornar esses méritos públicos, seja em seu blog, LinkedIn ou um site de portfolio, certamente conquistará essa reputação.

Uma boa pitada de networking a partir da participação em eventos, fóruns na internet e sites gringos também garantem mais visibilidade do seu nome e do seu trabalho.

6. Ótima remuneração financeira

Os profissionais de TI em geral estão sendo muito mais valorizados do que antigamente, pois agora, mais do que nunca, a tecnologia é parte essencial dos negócios.

Isso significa que os desenvolvedores web deixam de ser vistos como “custo” pelas empresas e passam a ser peças-chave para o sucesso financeiro das organizações.

Outro ponto importante é que a evolução digital está demandando muitos investimentos por parte das empresas e por isso há boas oportunidades com ótima remuneração, pois os bons profissionais estão escassos.

O site LoveMondays revelou que um desenvolvedor web júnior ganha em média R$ 2.360,00 no Brasil. Um desenvolvedor web sênior, segundo o mesmo site, ganha em média R$ 6.113,00.

Dependendo de fatores como o desenvolvimento da região ou cidade de atuação e do tamanho da empresa, além da qualificação e experiência do profissional, os salários podem facilmente ultrapassar essas médias. No próprio LoveMondays podemos encontrar empresas que oferecem um salário de mais de R$ 12.000,00 para desenvolvedores web.

Desenvolvedor Front-end Júnior
Formação: Desenvolvedor Front-end Júnior
HTML, CSS e JavaScript são a base de toda a web. Tudo o que você está vendo aqui agora depende deste tripé. Nesta formação vamos iniciar aprendendo lógica. Teremos uma introdução ao HTML e CSS e conheceremos a linguagem JavaScript.
CONHEÇA A FORMAÇÃO

E tem mais ainda: a média deixa de ser parâmetro quando o profissional se torna um especialista e vai crescendo ao longo da carreira colecionando cases de sucesso. Profissionais que conseguem um nome forte na comunidade e que se apresentem como profundos conhecedores das tecnologias web podem facilmente ganhar rendimentos mais superiores ainda às médias apresentadas.

Assim como em qualquer outra carreira, o profissional deve procurar se diferenciar e sempre estar atento a caminhos diferenciados que podem garantir remunerações complementares ou até mesmo remunerações oriundas do seu próprio negócio.

Realmente vale a pena, não acha? Então, confira a Formação de Desenvolvedor Web Iniciante que preparamos pra você.

7. Alta probabilidade de qualidade de vida elevada

Esse é um dos aspectos preferidos dos desenvolvedores web, pois a carreira permite uma boa flexibilidade de tempo e espaço mesmo quando se trata de empregos convencionais dentro das empresas.

A IBM por exemplo já tem 20% do seu quadro de funcionários em modelo remoto, algo que garante mais conforto e qualidade de vida.

É uma tendência mundial e as empresas estão percebendo que resultado é alcançar objetivos e metas e não cumprir horas em regime fechado.

Por serem altamente tecnológicos e dependentes apenas de internet, os desenvolvedores web têm alta probabilidade de conquistarem empregos diferenciados pelo modelo remoto e assim terem uma vida melhor.

Sendo funcionário ou não, o modelo remoto permite uma vida mais repleta de viagens, sono de qualidade, exploração de novos ambientes como coworkings e maior probabilidade de networking.

O mais interessante é que contando com a mobilidade geográfica, a remuneração de um desenvolvedor web pode passar a valer de 1 a 5x mais dependendo do país em que ele decidir morar ou passar um tempo.

Há países na América do Sul em que o custo de vida é baixíssimo!

Assim, dentre muitas outras carreiras e ramificações da área de tecnologia da informação, os profissionais que optarem pela jornada como desenvolvedor web certamente encontrarão um “lugar ao sol”.

Esperamos que tenha gostado!

Deixe seu comentário

Líder de Conteúdo/Inovação. Pós-graduado em Projeto e Desenvolvimento de Aplicações Web. Certificado Microsoft MCSD (Web).