Posts da Tag: BitBucket - Blog da TreinaWeb

Controle de versão Git

Criando repositório no BitBucket

O que é o BitBucket?

Lançado em 2008, o BitBucket é uma plataforma para hospedagem e gerência de código-fonte de projetos criada pela Atlassian e possui como principal concorrente o Github. Sendo assim, neste artigo veremos como criar um repositório no BitBucket.

Escrito em Python, o BitBucket permite que sejam criados repositórios privados para até 5 desenvolvedores de forma gratuita, tornando uma excelente escolha para pequenos projetos.

Diversas empresas utilizam o BitBucket, dentre elas podemos citar, PayPal, Ford, Pandora, entre outras.

Dentre suas principais vantagens, podemos listar:

  • Repositórios gratuitos, privados e ilimitados;
  • Suporte a integração contínua utilizando Pipelines;
  • Integração com Jira e Trello;
  • Revisão de código;
  • Solicitações Pull;
  • Possui três tipos de planos (Free, Standard e Premium);
  • Criação de repositórios privados para até 5 desenvolvedores de forma gratuita, entre outros.
Git - Fundamentos
Curso de Git - Fundamentos
CONHEÇA O CURSO

O que é um repositório?

Basicamente, um repositório é um local de armazenamento do nosso código-fonte. É nele que nossos códigos serão armazenados e versionados.

Nos tópicos abaixo veremos como criar uma conta e como criar repositórios no BitBucket.

Criando repositórios

Criando uma conta no BitBucket

Para criar um repositório no BitBucket, precisamos possuir uma conta válida em seu site.

Para iniciar, precisamos acessar o site do BitBucket para realizarmos o cadastro gratuito no site para então prosseguirmos com a criação do nosso repositório.

Na tela inicial, terão as opções “Get started” no canto superior à direita ou centralizado o botão “Get started for free”.

Após clicar sobre alguns dos botões citados anteriormente, você será direcionado à próxima página, onde, para criar sua conta, é necessário informar um e-mail pessoal e válido para cadastro, conforme imagens abaixo:

Acessando o site do BitBucket

Criando conta no BitBucket

Após inserir seu e-mail, clique sobre o botão “Continue”. Na próxima página é necessário informar seu nome completo, uma senha, confirmar sua autenticidade e clicar sobre “Sign up”.

Criando conta no BitBucket

A seguir, é necessário verificar o seu e-mail para realizar a confirmação de sua conta no BitBucket conforme imagem abaixo:

Verificar e-mail do BitBucket

Após confirmação, clicando sobre “Verify your email” em seu e-mail, você será direcionado à página para que possa criar seu perfil fornecendo seu nome de usuário conforme podemos ver na imagem abaixo:

Criando usuário no BitBucket

Após escolher seu nome de usuário e clicar sobre “Continue”, o próximo passo é apenas relatar as suas experiências ao utilizar o BitBucket e clicar sobre o botão “Submit”, conforme podemos ver na imagem abaixo.

Formulario de experiencia do BitBucket

Tudo pronto. Após realizar os passos acima, você se encontrará logado na página inicial do BitBucket, pronto para adicionar seus projetos.

Criando repositório no BitBucket

Estando logado ao BitBucket, basta clicar sobre o botão lateral à esquerda “Repositories”, onde aparecerá a tela ao lado para criar o repositório, conforme as imagens abaixo:

Criando repositório no BitBucket

Criando repositório no BitBucket

Após clicar sobre o botão no canto superior à direta “Create Repository”, você será direcionado para próxima página onde irá inserir o nome do projeto, o nome do seu repositório e definir a visibilidade do repositório (público ou privado) e clicar sobre “Create repository”, conforme imagem abaixo:

Criando repositório no BitBucket

Com isso, o repositório será criado com sucesso e já estaremos aptos a enviar nosso projeto para o BitBucket! 😉


Git

As principais plataformas para armazenamento de código-fonte

Três grandes plataformas de controle de versão de código-fonte tem caído no gosto popular dos desenvolvedores. O GitHub, GitLab e BitBucket ganharam espaço com o passar do tempo e se tornaram aliados indispensáveis aos desenvolvedores para hospedarem seus códigos-fonte e disponibilizar seus projetos de forma simplificada.

Sendo assim, neste artigo veremos sobre cada um deles e suas características.

Git - Fundamentos
Curso de Git - Fundamentos
CONHEÇA O CURSO

GitHub

Logo Github

O GitHub foi um dos pioneiros em hospedagem de repositórios Git, onde qualquer usuário que possua cadastro na plataforma pode contribuir com projetos privados ou Open Source. Possui grandes projetos hospedados, como por exemplo, WordPress, Atom, GNU/Linux, entre outros. Assim como consta em sua página inicial, todo desenvolvedor poderá hospedar, analisar, gerenciar projetos e construir softwares ao lado de 31 milhões de outros desenvolvedores e mais de 2,1 milhões de empresas e organizações que também utilizam o GitHub.

Em 4 de Julho de 2018 o GitHub foi comprado pela Microsoft com valores estimados em cerca de US$ 7,5 bilhões.

Mas, quais as maiores vantagens em se utilizar o GitHub?

A primeira delas é que a maioria dos projetos Open Source estão hospedados por lá, assim os desenvolvedores possuem uma grande quantidade de projetos para contribuir. Além disso, muitas empresas analisam seu histórico de contribuição em projetos, utilizando a ferramenta como meio de análise de perfil profissional.

Por seus quase 11 anos de existência e por ter sido o primeiro site de hospedagem de repositórios Git é, sem dúvida, o maior de todos eles, com diversos usuários e seus milhões de repositórios.

Além disso, caso você seja estudante, poderá usufruir de uma conta PRO do GitHub e ainda contar com diversas outras vantagens, como citado no artigo “Como obter uma licença para estudante no GitHub”.

Git e GitHub - Controle de versão
Curso de Git e GitHub - Controle de versão
CONHEÇA O CURSO

GitLab

Logo GitLab

O GitLab, assim como o GitHub, também é uma plataforma para gerência e hospedagem de código fonte.

Possui uma interface simples e intuitiva e permite que qualquer usuário da plataforma possa criar repositórios privados e públicos de forma gratuita. Porém, os repositórios privados só podem ser contribuídos por uma quantidade limitada de usuários.

Diferente do GitHub, o GitLab é um projeto Open Source, mantido por toda comunidade. Além disso, permite que os desenvolvedores armazenem seus projetos em seus próprios servidores.

Possui múltiplos níveis de permissão (Convidado, Repórter, Desenvolvedor, Mestre e Dono), que serve para determinar os papéis de cada profissional no projeto, como podemos ver na documentação sobre permissões.

Possui também todo um conjunto de software para gerenciar seu projeto do início ao fim que, como eles se autodenominam, “A full DevOps tool”.

GitLab Cojunto de Software para Gerenciamento

Aqui no blog, possuímos um artigo muito interessante sobre “O que é Devops”.

Por fim, o GitLab permite que você desenvolva seus códigos online, utilizando um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE) acoplado na ferramenta, fornecendo ao usuário colorização de sintaxe básica para uma variedade de linguagens de programação.

Além disso, possui IntelliSense e suporte de validação e formatação para as principais linguagens de script e marcação do mercado, como: TypeScript, JavaScript, LESS, SCSS, JSON, CSS e HTML.

Ide Gitlab

BitBucket

logo Bitbucket

O BitBucket, assim como o GitHub e o GitLab, é uma plataforma para hospedagem e gerência de código-fonte de projetos. Escrito em Python, o BitBucket é indicado para pequenas equipes com orçamento limitado, já que é uma opção mais barata e permite que sejam criados repositórios privados para até 5 desenvolvedores de forma gratuita.

Os preços do BitBucket são os mais acessíveis, se comparado ao GitHub e GitLab, possuindo três tipos de planos (Free, Standard e Premium) com os seguintes preços:

preços bitbucket

Possui integração com o Jira e o Trello, permitindo que os repositórios possam ser gerenciados a partir destas ferramentas.

O BitBucket possui suporte a integração contínua utilizando Pipelines, uma ferramenta que permite implantar, monitorar e confirmar seu código, para posteriormente, começar a planejar o próximo conjunto de modificações sem sair do BitBucket.

bitbucket pipeline

Concluindo

Vimos neste artigo, as três principais plataformas para gerenciamento e armazenamento de código-fonte, desta forma, cabe ao desenvolvedor escolher a que mais o agrada, levando em consideração suas características e particularidades.

Escolher um armazenador de código-fonte é uma forma simples e eficaz para que seus projetos sejam armazenados de forma organizada e que possam ser contribuídos por qualquer desenvolvedor, independente de sua localização.

Git e GitHub - Controle de versão
Curso de Git e GitHub - Controle de versão
CONHEÇA O CURSO