Governança

Saiba o que é e como tirar a certificação ITIL

As empresas sempre buscam aprimorar os seus processos para a obtenção de melhores resultados. Profissionais certificados que possam ajudá-las nesse e em outros objetivos são sempre benquistos. Para isso, é interessante a empresa ter profissionais de TI que estejam em constante evolução e, você, como um deles, pode agregar muito valor à sua empresa se tornando um certificado ITIL. Saiba nesse artigo quais certificações você pode tirar e como estudar para elas.

ITIL - Fundamentos - Parte 1
Curso de ITIL - Fundamentos - Parte 1
CONHEÇA O CURSO

Primeiramente, o que é ITIL? E quais são os benefícios?

A ITIL (Information Technology Infrastructure Library), que em português significa “Biblioteca de Infra-estrutura de Tecnologia da Informação”, foi criada em 1980 e é uma biblioteca com as melhores práticas nos processos de gerenciamento de serviços de TI, se adequando a qualquer área de atividade. O propósito dela é que você consiga alcançar a eficácia e eficiência nos seus serviços de TI e ela pode ser utilizada por qualquer empresa, independente de tamanho.

Com a utilização da ITIL você pode reduzir os custos operacionais de TI, elevar os níveis de satisfação dos funcionários, ter uma orientação dos processos com significativa diminuição nos tempos de execução e distribuição de serviços, dentre muitos outros.

A certificação ITIL

A certificação ITIL visa capacitar e certificar os profissionais, fazendo com que ele possa contribuir nas áreas de TI, na integração e entrega de soluções e serviços.

Existem 4 níveis de certificação:

1) Foundation

Essa prova certifica o profissional para os conhecimentos básicos da ITIL, para aumentar a qualidade do gerenciamento de serviços de TI. Também é uma certificação que te dá uma base de conhecimento para um programa completo de exames da ITIL.

São 40 questões, onde você deve ter um índice de aprovação de 65% (26 de 40 questões). Nessa certificação você pode realizar a prova em português.

2) Advanced

Essa certificação visa demonstrar que o profissional está equipado com as habilidades mais essenciais para aplicar os conceitos da ITIL em sua organização. São 40 questões onde você deve acertar 28 ou mais, ou seja, mínimo 70% de acertos.

3) Intermediate

Essas certificações são focadas em conteúdos específicos que englobam uma ou mais etapas do ciclo de vida do serviço de TI. Ao todo são 10 tipos de certificações diferentes e algumas delas você pode fazer a prova em português.

ITIL - Fundamentos - Parte 2
Curso de ITIL - Fundamentos - Parte 2
CONHEÇA O CURSO

Para realizá-las você precisa ser certificado ITIL Foundation em Gerenciamento de Serviço de TI.

4) Executive

O ITIL Master Qualification Certificate é o nível mais alto das certificações ITIL. O ITIL Master se baseia no conhecimento adquirido através do esquema de qualificação e valida a aplicação prática do framework ITIL no local de trabalho.

Para esta certificação, o profissional deve ter o certificado ITIL Foundation em Gerenciamento de Serviço de TI. Além disso também deve ter trabalhado no gerenciamento de serviços de TI por pelo menos 5 anos em função superior. Para obter aprovação, o candidato deve realizar uma apresentação de casos reais para uma banca que avaliará o seu conhecimento prático aprovando ou não o candidato ao nível ITIL Master.

Você pode saber mais sobre todas as certificações ITIL aqui.

Como se preparar para a certificação?

Você pode se preparar para a certificação de duas maneiras: estudando por conta própria ou por meio de algum curso. No próprio site da EXIN, você pode baixar um guia de preparação para a prova.

Lá também poderá realizar simulados, podendo fazer e refazer quantos quiser.

Na internet você também pode encontrar vários materiais de estudo, só é necessário realizar uma boa pesquisa antes para selecionar bem o que estudar.

ITIL - Fundamentos - Parte 3
Curso de ITIL - Fundamentos - Parte 3
CONHEÇA O CURSO

Quanto ao método de estudo, varia de pessoa pra pessoa. O importante é focar no que é pedido na prova e estudar bastante.

Boa sorte!

Você sabe o que é COBIT?

A utilização de tecnologias se tornaram importantes fatores de gerenciamento na maioria das empresas, tendo como a gestão da informação uma das mais importantes, com o objetivo de garantir que as decisões sejam tomadas de forma correta.

Ter governança de TI é primordial para conseguir bons resultados e mais importante ainda: que eles estejam alinhados aos objetivos da empresa. É aí que entra o COBIT.

O que vem a ser o COBIT?

O COBIT (Control Objectives for Information and related Technology) é um framework focado na governança de TI criado pelo ISACA (Information Systems Audit and Control Association), a fim de estabelecer as melhores práticas alinhadas aos objetivos da empresa. No COBIT, todos os processos e seus resultados são monitorados, a fim de analisá-los para que todas as práticas que não tragam bons resultados para a empresa sejam modificadas e às vezes, até excluídas.

Atualmente o COBIT está na sua quinta versão. Nela, o COBIT se tornou uma família de produtos, contendo publicações referentes a implementação, segurança da informação, riscos, qualidades, dentre outros. Além disso, as informações referentes ao framework estão em uma publicação separada da que contém as informações relativas aos processos.

Este framework é fundamentado em 5 princípios, que são:

Atender as necessidades das partes interessadas:

Toda empresa tem como objetivo obter benefícios por meio da otimização do uso de recursos, criando valor para as partes interessadas.

Cobrir a organização de ponta a ponta:

Isso significa que o COBIT cobre todas as funções e processos controlando as informações da organização e as tecnologias, onde quer que essas informações sejam processadas.

Aplicar um modelo único e integrado:

Esta quinta versão do COBIT integra todos os conhecimentos anteriores, como o COBIT 4.1, Val IT, Risk IT e BMIS. Isso permite que a empresa possa utilizar somente o COBIT 5, como um integrador de frameworks de governança e gestão.

Permitir uma abordagem holística:

Para possibilitar essa abordagem holística, o COBIT 5 define um conjunto contendo 7 habilitadores, sendo: princípios, políticas e frameworks; processos; estruturas organizacionais; cultura, ética e comportamento; informação; serviços, infraestrutura e aplicações; pessoas, habilidades e competências. Esses habilitadores são orientados pelos objetivos da TI, definindo o que os diferentes habilitadores deverão alcançar. Este é um assunto mais extenso ficando para um próximo post.

Distinguir a governança da gestão:

É importante saber a diferença entre governança e gestão. Na governança são discutidos temas relacionados aos planos de alinhamento estratégico, enquanto a gestão é responsabilidade da gerência executiva, consistindo em planejar, executar e monitorar as atividades para atingir os objetivos corporativos.

Quais os benefícios?

A utilização do COBIT independe do tipo de empresa e negócio, podendo ser usada em qualquer uma. O COBIT tem o propósito de te ajudar a direcionar e a priorizar os esforços e recursos da TI para atender corretamente aos requisitos do negócio, visando a diminuição de riscos.

Concluindo

Ainda se tem muito o que falar sobre o COBIT como sua implementação e como ele é realmente na prática. Aqui, falamos brevemente sobre ele para que você possa ter uma introdução ao tema e para que saiba que ele existe.

Essas boas práticas recomendadas pelo COBIT funcionam no mundo todo e ele pode ser considerado um manual com as mais avançadas tecnologias e práticas empresariais, podendo ser usado como referência para gestores, para que assim o comprimento das metas sejam sincronizadas com os objetivos da empresa, possibilitando resultados positivos.

Selenium - Testes Automatizados com TestNG
Curso de Selenium - Testes Automatizados com TestNG
CONHEÇA O CURSO