organização

Como melhorar sua rotina de estudos

Quem está na área de TI sabe que o estudo é constante. É muita novidade em muito pouco tempo e haja tempo para colocar tudo em dia, o que acaba gerando muita ansiedade no processo de estudo. Apesar dessa quantidade de estudos, novidades e atualizações, precisamos nos manter competitivos no mercado de trabalho, então sempre temos que estar nos atualizando em nossa área de interesse, aprendendo coisas novas e nos aprimorando cada vez mais, para que possamos oferecer sempre o melhor.

Porém algumas pessoas, só de pensar em estudar e ter que definir um “tempo para estudo” já desanimam, ainda mais depois de um dia cansativo de trabalho. Mas, ainda sim devemos ter esse tempo ainda que seja pouco.

Por isso, neste artigo, vamos abordar alguns passos para que possamos sempre estar nos motivando e sempre lembrar do por que estamos estudando.

Faça uma lista do que você precisa estudar

Ainda que você esteja com muita matéria acumulada ou muitas coisas que você tem que aprender em pouco tempo, não se desespere. Depois de fazer uma lista geral do que você tem e/ou quer estudar, escolha um ou no máximo dois assuntos para estudo, aqueles que você julga como prioridade. Você irá se dedicar 100% nisso que você julgou como prioridade.

Às vezes queremos estudar tudo de uma vez só, mas querer fazer tudo de uma vez, faz com que não tenhamos um bom aproveitamento e em pouco tempo já tenhamos esquecido de tudo que “estudamos”. Isso é ruim pois gera frustração e decepção… E no momento que você começa a falhar uma vez, todo o processo começa a falhar também, porque você vai desanimar, e aí quando você vê o tempo passou e você não estudou nada. Temos dicas também de como manter a produtividade nos estudos.

Qual é a razão pela qual você estuda? Por que você está fazendo isso?

Ter uma boa motivação é importante, pois é isso que vai te ajudar a chegar no seu objetivo. É fácil sonhar com aquela vaga, difícil é lutar por ela todos os dias. É aí que está o desafio e é através do estudo, do “um pouco a cada dia” que vamos chegando cada vez mais perto.

“Onde você quer chegar?”, “Por que você deve fazer isso?”, “Por que isso é importante para você?”, as respostas dessas perguntas vão te dar motivação, foco e disciplina para evitar a procrastinação nos estudos quando você estiver com preguiça, desmotivado ou até mesmo sem vontade de fazer nada aquele dia.

Estabeleça uma rotina

Apesar da correria do dia a dia, tente estabelecer uma rotina para seus estudos. Se organize e adapte sua rotina conforme a sua realidade. Se a possibilidade de estudar durante a semana é quase zero, tente rever o que você pode deixar de fazer e tire esse tempo para estudar. Comece devagar, você pode começar até com meia hora de estudo, nos fins de semana separar um tempo maior e ir aumentando aos poucos. Coloque o estudo como uma prioridade no seu dia.

Um ponto importante para essa mudança acontecer é você querer realmente mudar, querer começar, deixar de ser uma pessoa procrastinadora. Também não adianta fazer por uma semana e desistir depois, porque…

Tudo bem se não sair 100% o planejado…

Se hoje não deu nada certo, você não estudou nada, não fez o que queria fazer, tá tudo bem também. Todos temos dias ruins, mas sempre temos o dia seguinte para recomeçar de onde paramos, o importante é sempre seguir firme.

Escrever tudo isso e fazer um plano de ação também ajuda bastante. Por exemplo:

Um plano como o acima, vai te ajudar a se manter motivado para os estudos. Como treino, tente fazer isso para a próxima semana =)

Desenvolvedor Front-end Júnior
Formação: Desenvolvedor Front-end Júnior
HTML, CSS e JavaScript são a base de toda a web. Tudo o que você está vendo aqui agora depende deste tripé.Nesta formação vamos iniciar aprendendo lógica. Teremos uma introdução ao HTML e CSS e conheceremos a linguagem JavaScript.
CONHEÇA A FORMAÇÃO

O impacto do software nas organizações modernas

Mais do que nunca, aplicações computacionais têm o poder até mesmo de decidir o rumo de negócios e empresas inteiras. As vantagens de negócio que a adoção de modernizações computacionais podiam trazer até eram vistas como um diferencial há alguns anos, mas hoje essas vantagens são praticamente pré-requisitos para o sucesso dos negócios. Por exemplo: é praticamente inconcebível que uma plataforma de serviços hoje não tenha um app disponível na Google Play e na App Store (por mais que em algumas situações, o app seja somente uma “casca” para o site da aplicação). Isso traz para um “poder” enorme para os desenvolvedores de software, fomentando o surgimento de técnicas e frameworks que implementam as filosofias ligadas à governança de TI (como ITIL, por exemplo). Mas, será que nós como profissionais da área de desenvolvimento de software, temos o conhecimento do poder e das consequências que nosso trabalho pode trazer?

Gerenciamento de projetos - Fundamentos
Curso de Gerenciamento de projetos - Fundamentos
CONHEÇA O CURSO

O poder que um software tem na história de uma organização

Software de fato pode decidir as estratégias e o futuro de uma organização, tanto para o bem como para o mal: existem vários exemplos para ambas as situações.

O Nubank, por exemplo, hoje é um dos unicórnios brasileiros muito por causa da facilidade e desburocratização que ele trouxe no que diz respeito ao acesso a serviços financeiros… E muito do sucesso do Nubank se deve às ferramentas computacionais envolvidas, como o aplicativo. Ele é um exemplo excelente de como software bem feito pode tornar uma empresa competitiva e inovadora frente o mercado. Hoje, o Nubank tem valor estimado de mercado na casa dos US$ 10 BI.

Infelizmente, também temos vários exemplos ruins. O mais recente envolve a Boeing e seu avião 737 MAX. Devido a problemas de projeto e, principalmente, falhas no MCAS (um dos softwares centrais de controle do 737 MAX) fez com que 346 pessoas morressem em 2 acidentes envolvendo a aeronave. Após os acidentes e as constatações de falhas no software, a maioria das agências reguladoras de aviação espalhadas pelo mundo proibiu o tráfego de aeronaves do referido modelo por precaução. O resultado destes eventos: além da impossibilidade trágica de reverter os efeitos dos dois acidentes, a Boeing amarga o pior prejuízo da história, de cerca de US$ 2,9 BI, prejuízo decorrente de correções que estão em curso no software do 737 MAX e manutenção em solo de centenas de aeronaves do modelo, além do cancelamento de contratos milionários de aquisição do modelo problemático e o crescimento de sua concorrente direta no mercado, a Airbus. E ainda existe o prejuízo realizado à imagem da Boeing, prejuízo este que talvez nunca seja revertido.

Nas duas situações, existe um elemento preponderante tanto para o sucesso quanto para o fracasso: o software. Nas duas situações, foi um programa computacional, escrito por profissionais da área de desenvolvimento de software, que ditou se uma empresa chegaria a se tornar um dos primeiros unicórnios brasileiros e virar símbolo de inovação ou se ia matar mais de 300 pessoas inocentes. Software no mundo atual é algo da mais alta grandeza de importância e deve ser levado muito a sério, principalmente pelas empresas que buscam alinhar tecnologia com seu mercado para se destacarem e se tornarem mais competitivas. Software bem feito e governança de TI hoje não são luxos: são mais do que obrigações para que as empresas se mantenham vivas no mercado atual.

Desenvolvedores precisam entender que seu papel em uma organização é de altíssima importância

Com os exemplos acima, conseguimos evidenciar um ponto: desenvolvedores são peça-chave no sucesso de qualquer organização moderna. E quem trabalha com desenvolvimento precisa ter essa consciência e dar o devido valor a este papel. Já passamos do tempo em que ter software dentro de uma organização era luxo: hoje é mais do que obrigação. E as organizações não podem se dar ao luxo de terem softwares que funcionam “mais ou menos”, pois falhas geram despesas, perda de receita e queda de competitividade no mercado. Precisamos ter consciência de que os software e os profissionais envolvidos na criação são protagonistas nas empresas hoje. As empresas que não possuem este comportamento podem ter sérios problemas de sustentabilidade em uma era tão digital como a que vivemos.

Isso tudo precisa despertar em quem trabalha com software a consciência de que um poder tão grande que acaba sendo depositado traz também responsabilidades enormes. E, por isso, a correta capacitação técnica é tão exigida pelas empresas hoje. E quando citamos “capacitação técnica”, nem falamos necessariamente sobre o domínio de linguagens, frameworks e bibliotecas: estamos falando do domínio de aspectos fundamentais da computação, como estruturas de dados, algoritmos e tópicos de rede. É obrigação de qualquer desenvolvedor moderno entender o que é um algoritmo de complexidade ciclomática O(nˆ2), a diferença na utilização de um vetor ou de uma lista duplamente ligada ou os aspectos semânticos do protocolo HTTP, pois são tópicos que impactam diretamente em manutenibilidade e qualidade do código e, consequentemente, do software, que é um dos elementos centrais das organizações modernas. E quem trabalha com desenvolvimento de software precisa parar de ignorar este ponto e criticar empresas que, durante as entrevistas, pedem tópicos ditos “teóricos” ao invés de focarem em codificação. No mercado atual, por mais “torto” que pareça, quem se destaca não é quem sabe de cor a sintaxe de uma função built-in no JavaScript, e sim quem sabe o que é idempotência em métodos HTTP ou quando uma pilha deve ser utilizada no lugar uma lista convencional.

As empresas também precisam entender que software é um elemento central nos dias atuais

Da mesma maneira que os desenvolvedores precisam ter cada vez mais consciência da importância de seu papel em uma organização, as próprias organizações precisam entender que elas precisam de software e de profissionais de desenvolvimento para se manterem dentro da “revolução digital”. Empresas que não apresentem uma infraestrutura tecnológica mínima correm o sério risco de serem engolidas por outras empresas ou, pior ainda: serem completamente ignoradas. Um exemplo mais direto: é impossível imaginar hoje uma empresa, por menor que seja seu porte, sem um site institucional… Da mesma maneira que é impossível imaginar, por exemplo, uma empresa de mídia sem um aplicativo para acesso a seu conteúdo ou um carro que não tenha nenhuma interface digital mínima (como bluetooth ou até mesmo uma simples porta USB no sistema multimídia). E, para a adoção dessa infraestrutura tecnológica, não existe outra saída: é necessário investimento por parte das empresas, quer seja no que diz respeito à parte técnica ou à parte pessoal e gestão de profissionais. E neste ponto, a palavra “investimento” cai muito bem: software hoje é investimento, não despesa.

Existem vários exemplos de empresas que não se atentaram adequadamente à importância que aplicações computacionais e tecnologia poderiam ter sem seu negócio. Um exemplo é a famosa Kodak, que já foi líder absoluta no mercado de fotografias, mas até hoje tenta se recuperar plenamente do procesos de falência encerrado em 2013 e retornar aos tempos áureos das décadas de 80 e 90. A Kodak não se atentou à migração para o formato digital que o mercado fotográfico começou a adotar na década de 90 e acabou sendo engolida por dezenas de empresas que perceberam as tendências que começavam a ser adotadas. Algumas destas empresas que perceberam este movimento foram a a Canon e a Nikon, empresas estas que hoje são consideradas as líderes neste mercado.

Gerenciamento de Projetos - Avançado
Curso de Gerenciamento de Projetos - Avançado
CONHEÇA O CURSO

Outro exemplo de empresa que não tratou software como deveria foi a própria Boeing no projeto do 737 MAX. A Boeing adotou a estratégia de terceirizar o desenvolvimento do MCAS, que é um dos principais softwares de controle do avião (conforme vimos no tópico inicial deste artigo). Esta estratégia foi adotada principalmetne por duas razões: para que, em tese, ficasse pronto mais rapidamente e para cortar custos. No final, boa parte do MCAS do 737 MAX foi desenvolvida por profissionais recém-graduados contratados por um custo muito menor pelas empresas que foram contratadas pela Boeing para o projeto. Alguns dos profissionais que atuaram nesse projeto ganhavam o equivalente a US$ 9, segundo relatos anônimos obtidos pelas investigações, segundo o Business Insider! O resultado da subestimação da importância do MCAS para o projeto e a vontade maior de economizar resultaram no que foi mostrado no primeiro tópico deste artigo: mais de 300 pessoas inocentes mortas e o maior prejuízo da companhia na história.

Da mesma maneira que desenvolvedores precisam ser muito conscientes de sua importância dentro de uma organização, as empresas também precisam sempre se atentar ao fato de que sua equipe de TI pode fazer com que estas lucrem milhões de dólares ou amarguem processos e a falência.

Priorizando suas tarefas de maneira eficiente

Em nossa rotina do trabalho, é comum nos depararmos com uma grande quantidade de tarefas para fazer e, independente da quantidade, precisamos ser produtivos e entregar bons resultados em todas elas. E quando temos essa lista extensa de tarefas ou até mesmo projetos que estão com tempo curto para entrega, é essencial se ter um planejamento para fazer o que realmente é necessário. É aí que entra a questão de saber priorizar as tarefas para se dedicar ao que realmente é importante e principalmente a de fazer isso um hábito. Você não precisa perder muitos minutos do seu dia fazendo isso e verá que te ajudará muito.

Teste de Software Básico
Curso de Teste de Software Básico
CONHEÇA O CURSO

Como fazer isso?

Às vezes isso parece tão óbvio e simples, mas que acabamos não fazendo. E se é simples, por que não fazer?!
Devemos entender que muitas vezes nem tudo o que está na lista é prioridade. E precisamos saber como priorizar. Podemos colocar nossas tarefas em 3 categorias com as seguinte cores:

  • Verde: tarefas que ainda temos tempo
  • Amarelo: tarefas que requerem mais atenção (o prazo está perto, por exemplo)
  • Vermelho: tarefas que precisam ser feitas imediatamente (já está atrasada ou a entrega é amanhã, por exemplo). É realmente imprescindível fazer agora!!!

Ainda que tenhamos essa lista enorme de tarefas, por mais que desejamos não vamos conseguir fazer tudo na mesma hora. Você pode fazer um planejamento semanal ou diário. O semanal é melhor pois você verá a semana como um todo, sabendo priorizar melhor, às vezes uma tarefa pode impactar na outra ou até mesmo depender de outra a ser finalizada antes. Depois você pode selecionar as tarefas que serão realizadas cada dia. Liste tudo o que você precisa fazer em detalhes, pois às vezes dentro de uma tarefa tem várias sub-tarefas que podem ocupar um tempo considerável, então é importante se atentar a isso também. E claro, pode ser que às vezes haja alguma modificação nas suas tarefas do dia/semana, mas ainda assim o planejamento te ajudará.

Visando essa dica, você pode atribuir as cores acima para as tarefas, onde é fácil de ser visualizada por ser uma técnica bem visual, e basta bater o olho que você já entende quais suas reais necessidades. Uma outra dica é colocar pontuações para cada tarefa, como de 1 a 5 por exemplo, onde 1 significa menos importante e 5 aquela tarefa que precisa ser feita imediatamente. Você pode fazer da maneira que achar melhor.

Teste de Software Intermediário
Curso de Teste de Software Intermediário
CONHEÇA O CURSO

Um outro ponto que devemos ter em mente é que se olharmos somente para aquela lista gigante, certamente teremos um certo desespero. Não conseguimos dar foco em tudo de uma vez só. Assim, quando você faz o planejamento para o dia e consegue terminá-lo dará aquela sensação de dever cumprido, você sente seu dia valer mais a pena.

Temos um outro ponto importante que devemos observar durante o planejamento: se você estiver muito sobrecarregado e mesmo com todo o planejamento do mundo sempre irá ficar algo em atraso, você pode tentar delegar algumas tarefas para outras pessoas. Claro que, para alguém que saiba fazer e que tenha tempo para executar a tarefa. Além de não ter um possível atraso, você ainda elimina alguns itens da sua lista 😀

Tarefas menos importantes (olhando para o hoje), seja porque tem um prazo maior ou por qualquer outro motivo, você pode postergar naquele momento. Mas, cuidado para não postergar muito e ela chegar no sinal vermelho.

Outra dica: sabe aquela regrinha de “se demora menos de 2 minutos, faça agora”? Ela vale muito principalmente para não esquecermos de fazer depois. Se é uma tarefa rápida, como responder um e-mail por exemplo, já faça no mesmo momento.

Como disse anteriormente, estes parecem passos simples demais para precisarem serem feitos. Mas quando você senta, vê o que tem pra fazer, dá uma analisada em tudo no geral, analisa datas, etc, verá que faz a diferença. Às vezes a pessoa trabalha muito mas sempre fica com aquela sensação de que não fez nada. Sendo assim, tente fazer isso para sua próxima semana 🙂

Teste de Software Avançado
Curso de Teste de Software Avançado
CONHEÇA O CURSO

© 2004 - 2019 TreinaWeb Tecnologia LTDA - CNPJ: 06.156.637/0001-58 Av. Paulista, 1765, Conj 71 e 72 - Bela Vista - São Paulo - SP - 01311-200