TW Entrevista 01: Maujor

Olá, Web Developers!

Hoje trazemos pra vocês a primeira entrevista de uma série que publicaremos nas próximas semanas.

O entrevistado de hoje é o Maujor, o dinossauro das CSS.

Fale um pouco sobre você (de onde é, onde mora, o que faz, etc);

Sou Coronel reformado do Exército Brasileiro, engenheiro formado pelo IME e fui professor de Geometria Descritiva e Matemática no Colégio Militar do Rio de Janeiro durante 26 anos.

Hoje sou um avô com 73 anos, nasci em São Francisco do Sul – SC, moro desde 1976 em Copacabana no Rio de Janeiro com minha esposa.

Minha rotina básica começa às 07:00h com um (vo)voley na areia da praia ou alongamento na academia e o resto da manhã no PC.

Depois do almoço “tiro uma soneca” e volto para o PC. À noite um lanche (idoso não janta), novela com esposa e depois um filme.

Durmo à meia-noite. Quebram minha rotina: netos em casa, idas ao médico e viagens de lazer que são frequentes.

Resumo: A velhice que eu sempre sonhei.

Quando e como você começou a se interessar pela área de desenvolvimento?

Em 2000, com 56 anos, já aposentado das minhas atividades de engenharia e magistério e com razoável conhecimento de computador pessoal (TK-80, DGT-100, AT, etc) resolvi criar um site para um Clube de Pesca de amigos em Copacabana.

Sem saber absolutamente nada sobre criação de sites, com auxílio da dupla Netscape e AltaVista, iniciei meus estudos e por ensaio e erro adquiri conhecimentos de criação de layout com HTML usando tabelas, frames e estilização com atributos. E assim criei o site do Abissal Clube de Pesca.

Já com algum conhecimento e tendo examinado várias marcações HTML de grandes sites do Brasil, descobri o site do W3C e nele a combinação HTML + CSS para criar layouts.

HTML5 e CSS3 - Desenvolvimento web Básico
Curso de HTML5 e CSS3 - Desenvolvimento web Básico
CONHEÇA O CURSO

Depois de mais de 2 anos estudando e praticando a técnica preconizada pelo W3C, e constando que no Brasil ainda se usavam tabelas, decidi, em 2003, criar o site http://maujor.com para compartilhar o que havia aprendido.

Nota: A versão original do site que criei em 2001 para o Clube de Pesca encontra-se em http://clickmaujor.com/abissal

O que você considera como maior recompensa em estar na área de desenvolvimento web? O que isso trouxe de valor à sua vida?

Sem dúvida o sentido que o desenvolvimento web deu aos meus dias de aposentado.

O valor que isso trouxe à minha vida é a consciência de saber que a minha vida ainda tem algum valor.

Pergunta da comunidade: Como consegue evoluir junto com as novas tecnologias e se adaptar com tantas mudanças?

A resposta curta é: Não consigo.

No dia em que respondia essa pergunta, meu filho enviou-me o seguinte link bem ao propósito dessa pergunta. Vale uma reflexão, guardada as devidas proporções:

https://hackernoon.com/how-it-feels-to-learn-javascript-in-2016-d3a717dd577f

Muitos no seu lugar iriam preferir ficar o dia inteiro sem fazer nada. O que te motiva a continuar se desenvolvendo na área?

Compartilhar conhecimento tem sido minha motivação desde que comecei na área quando criei o site http://maujor.com em 2003.

Confesso que hoje, com essa loucura total em que se transformou o desenvolvimento frontend, com tecnologias surgindo em um ritmo alucinante, me sinto incapaz de acompanhar, estudar e repassar conhecimento. A consequência é que a motivação para continuar está diminuindo.

Até o momento você escreveu 16 livros. Como é a experiência como escritor? Que dicas dá para quem quer começar a escrever?

Em 2004 começaram os apelos dos usuários do meu site para que eu escrevesse um livro com os conteúdos do site.

Foram, durante 3 anos, inúmeros emails com pedidos de um livro. Resisti, porque não via sentido em transcrever o que estava no site de forma gratuita em um livro a ser comercializado.

Em 2007 cedi aos apelos, escrevi e foi lançado o livro “Construindo Sites com CSS e (X)HTML” (Sites controlados por folhas de estilo em cascata) com conteúdo inédito em 15 capítulos, 448 páginas e 200 exercícios práticos. ( http://livrosdomaujor.com.br/css1/ )

O livro foi um sucesso estrondoso e trasformou-se em uma verdadeira “bíblia” do CSS no Brasil. A partir daí não parei mais de escrever livros.

As dicas que eu dou para quem está considerando escrever um livro são:

  • Vá em frente, não permita que seus medos bloqueiem sua vontade de escrever.
  • Você não precisa ser um gênio no assunto para escrever um livro.
  • Escreva motivado pela vontade de compartilhar seu conhecimento.
  • Gaste muito tempo rascunhando a estrutura o livro. Nome dos capítulos, títulos, subtítulos, assuntos.
  • Crie exemplos práticos para demonstrar a teoria explicada.
  • Construa um site de apoio ao livro contendo pelo menos os exemplos práticos.
Desenvolvedor Front-end Júnior
Formação: Desenvolvedor Front-end Júnior
HTML, CSS e JavaScript são a base de toda a web. Tudo o que você está vendo aqui agora depende deste tripé.Nesta formação vamos iniciar aprendendo lógica. Teremos uma introdução ao HTML e CSS e conheceremos a linguagem JavaScript.
CONHEÇA A FORMAÇÃO

Que dicas dá para quem precisa ter mais disciplina?

A palavra disciplina me remete à minha formação militar e ao artigo da Constituição que diz que as Forças Armadas são instituições nacionais permanentes e regulares organizadas com base na hierarquia e na disciplina.

Assim, eu comecei a aprimorar minha disciplina aos 14 anos quando ingressei no Colégio Militar de Belo Horizonte.

Responder essa pergunta sugerindo o ingresso nas Forças Armadas, obviamente, não seria adequado, mas, baseado na minha experiência, não sei que dicas dar.

Muitos jovens hoje em dia, ansiosos, pensam que precisam ter sucesso logo cedo e que após os 30 anos não vão mais conseguir crescer ou aprender coisas novas. Qual sua mensagem para essas pessoas?

Minha mensagem é: ouçam um podcast que gravei em https://devnaestrada.com.br/2016/08/18/entrevista-maujor.html e vocês se sentirão um bebezinho aos 30 anos.

(para quebrar um pouco o gelo) Assim como acontece com muitos da área de T.I., amigos e familiares também te pedem ajuda para consertar o computador/celular?

Hehehehehe!

Cosertar até que não, mas explicar como mexer sim, e com muita frequência. Principalmente os amigos e familiares da chamada “terceira idade” que se sentem muito mais confortáveis em pedir ajuda ao vovô paciente que ao netinho ou filho impaciente e que “explica tudo correndo”

Fique Ligado!

Para seguir o Maujor:

Deixe seu comentário

Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Pós-graduado em Projetos e Desenvolvimento de Aplicações Web e MBA em Machine Learning. Especializado em Front End e curte desenvolvimento de jogos.

© 2004 - 2019 TreinaWeb Tecnologia LTDA - CNPJ: 06.156.637/0001-58 Av. Paulista, 1765, Conj 71 e 72 - Bela Vista - São Paulo - SP - 01311-200