A importância da documentação para desenvolvedores de software

Se você já pegou um software com zero documentação para realizar alguma manutenção por exemplo, sabe como faz falta esse tipo de documentação. Mas, sabemos que no meio de todos os processos que devemos fazer como elaborar, executar e entregar o projeto, a última coisa que pensamos é a documentação, mas ele pode ser um detalhe muito importante lá na frente.

A documentação de um software realmente muitas vezes acaba não sendo uma prioridade, ainda mais que o pessoal prefere muito mais colocar a mão na prática e desenvolver códigos, do que pensar na documentação desse software. Mas, ainda que não seja prioridade, essa pode se tornar uma fonte de economia (de tempo e dinheiro) e qualidade do produto final.

Existem diversos tipos de documentação, sendo os mais comuns para usuários técnicos (aqui é onde se encaixam os desenvolvedores, testers e designers) e usuários finais (pessoas que irão utilizar seu software). Esse último também é importante porque ajuda a reduzir o tempo de aprendizagem dos usuários, fazendo com que eles tenham domínio do software mais rápido, além de ter uma forma de consulta caso precisem. Como estamos abordando a importância da documentação para os desenvolvedores, não vamos adentrar muito nesse tipo de documentação.

Teste de Software Básico
Curso de Teste de Software Básico
CONHEÇA O CURSO

É uma ótima fonte de informação sobre o software

Essa documentação serve como uma fonte de informação do software, pelo fato de conter todas as operações e informações necessárias do software, podendo conter trechos de código, diagramas, definições de requisitos, bugs, especificações do sistema, componentes, plano de testes, enfim, tudo o que julgar necessário.

Facilita em futuras evoluções

A documentação de um software serve para auxiliar programadores, facilitando o uso e entendimento do software, principalmente quando esse software precisa de evoluções. A documentação (especificação, análise e projeto) deve ser bem feita e de fácil entendimento.

Minimiza a possibilidade de retrabalhos

Às vezes pegamos um software que não tem o nível de detalhamento suficiente. No fim, se acaba perdendo tempo tentando entender o suficiente do software e em certos momentos, acabamos refazendo algo já feito, acabando em retrabalhos que poderiam ter sido evitados.

Cria um ambiente colaborativo sem tanto retrabalho e perda de tempo.

Se chega um desenvolvedor novo em uma empresa, ter o histórico de desenvolvimento é uma base para que ele possa se situar, ver o que já foi feito e evoluir a partir disso. Como a qualidade e agilidade é tão valorizada pelos clientes, essa é uma forma de evitar retrabalho e conseguir fazer mais em menos tempo. Além disso, além da evolução do software, caso seja necessário reproduzir ou realizar manutenções, esse tipo de informação vale muito para a empresa, informações essas que não podem ser perdidas, ainda mais se for em uma empresa com alta rotatividade.

Mas, como conscientizar as empresas sobre a importância de uma boa documentação?

(Ainda mais quando são os desenvolvedores que sofrem depois…)
Neste caso, é interessante focar em mostrar os efeitos colaterais que podem acontecer caso não tenha uma documentação, o que pode gerar problemas em termos de orçamento, prazo e qualidade. No fim, documentar o software sempre é válido.

Deixe seu comentário

Responsável pelo sucesso do cliente na TreinaWeb. Graduada em Gestão de Tecnologia da Informação pela FATEC Guaratinguetá, além de estudante de Marketing Digital e Mídias Sociais.