PHP

Como usar parâmetros nomeados no PHP

Aprenda como usar parâmetros nomeados no PHP, qual sua sintaxe e suas principais vantagens em relação aos parâmetros posicionais.

cerca de 1 ano atrás

Neste post vamos conhecer o que são parâmetros nomeados no PHP, qual sua sintaxe e as principais vantagens de utilizá-lo.

PHP - Novidades do PHP 8.0
Curso PHP - Novidades do PHP 8.0
Conhecer o curso

O que são parâmetros nomeados

Existem basicamente dois modos de passarmos valores para funções e métodos. Temos os parâmetros posicionais, que devemos passar os valores na mesma ordem que eles são declarados, por exemplo:

function programar(string $linguagem, string $versao) {}

programar('PHP', '8.0')

E existem os parâmetros nomeados, onde indicamos na hora de chamar o método ou função o nome dos parâmetros:

function programar(string $linguagem, string $versao) {}

programar(linguagem: 'PHP', versao: '8.0');

Parâmetros nomeados existem em várias linguagens e cada uma delas possui uma sintaxe específica.

Sintaxes dos parâmetros nomeados

A sintaxe dos parâmetros nomeados no PHP é muito simples. No momento da declaração nada muda em relação aos parâmetros posicionais:

function nome($parametro1, $parametro2) {}

A principal diferença é na hora de passar os valores para os parâmetros. Precisamos usar o nome do parâmetro sem $, dois pontos : e em seguida o valor. Veja o exemplo abaixo:

function nome($parametro1, $parametro2) {}

nome(parametro1: 'valor', parametro2: 'valor');

Vantagens na utilização de parâmetros nomeados

Algo que todo mundo quer é escrever um código que seja facilmente lido (legível) e limpo. Esses dois aspectos ajudam muito na hora de realizar uma manutenção ou adicionar uma nova funcionalidade a uma aplicação.

Legibilidade

Os parâmetros nomeados entram exatamente na questão da legibilidade do código. Isso não significa que só por usar parâmetros nomeados o código vai ser incrivelmente legível, porém é um recurso simples que pode ajudar bastante. Veja o seguinte trecho de código:

$uno = new Carro('Fiat', 'Preto',);

$uno->andar(110, 5);

No construtor da classe carro podemos presumir que o primeiro parâmetro é a marca do carro e o segundo é a cor. Já na chamada do método andar, as coisas ficam um pouco mais complicadas.

Veja agora o mesmo trecho de código usando parâmetros nomeados:

$uno = new Carro(marca: 'Fiat', cor: 'Preto');

$uno->andar(velocidadeMaxima: 110, aceleracao: 5);

Ao batermos o olho nesse trecho de código, mesmo sem conhecer a implementação da classe Carro conseguimos saber exatamente o que está acontecendo.

Flexibilidade dos parâmetros nomeados no PHP

Ao utilizarmos parâmetros nomeados não ficamos mais presos a posição em que o parâmetro foi declarado, gerando uma maior flexibilidade na hora da escrita do código, por exemplo:

function andar(int $aceleracao, int $velocidadeMaxima,)
{
    echo $aceleracao . ' ' . $velocidadeMaxima;
}

Podemos agora chamar o método acima dos seguintes modos:

andar(velocidadeMaxima: 110, aceleracao: 5);
andar(aceleracao: 5, velocidadeMaxima: 110);

E podemos usar parâmetros posicionais sem problemas:

andar(110, 5);

Desenvolvedor PHP
Formação Desenvolvedor PHP
Conhecer a formação

Considerações finais

Parâmetro nomeado não é o recurso que sozinho vai tornar o seu código incrível, porém pode ser considerado como uma opção a mais na hora da escrita. Muitos podem considerar um recurso desnecessário, porém como vimos é um recurso que ajuda bastante na legibilidade.

Autor(a) do artigo

Elton Fonseca
Elton Fonseca

Professor e desenvolvedor. Formado em análise e desenvolvimento de sistema, pós graduado em engenharia e arquitetura de software. É autor de cursos em diversos temas, como, desenvolvimento back-end, cloud computing e CMSs. Nas horas vagas adora estudar sobre o mercado financeiro, cozinhar e brincar com pequeno Daniel. @eltonfonsecadev

Todos os artigos

Artigos relacionados Ver todos