PHP O que é o Composer?

Veja neste artigo o que é o Composer.

Ana Paula de Andrade 22 de outubro de 2020

O Composer é o gerenciador de dependências mais utilizado do PHP, que com o passar dos anos foi ganhando cada vez mais espaço e se tornando dia após dia mais indispensável ao desenvolvedor.

Inspirado no npm do Node e no bundler do Ruby, o Composer foi desenvolvido por Nils Adermann e Jordi Boggiano e foi lançado no ano de 2012 sobre a licença MIT.

O Composer fornece recursos de carregamento automático para bibliotecas para facilitar o uso de código de terceiros, tornando o desenvolvimento do projeto mais simples e permitindo com que o desenvolvedor foque apenas em seu código, não no uso de código de terceiros.

PHP - Gerenciador de dependências Composer
Curso de PHP - Gerenciador de dependências Composer
CONHEÇA O CURSO

Basicamente, ele permite que você declare quais bibliotecas são necessárias para a execução de um projeto e ele gerencia (instala, atualiza ou remove) para você.

Afinal, o que é um Gerenciador de Dependências?

Com o objetivo de gerenciar bibliotecas externas em projetos, um gerenciador de dependência nada mais é que um facilitador para instalação, remoção e atualização de pacotes externos em projetos.

Como funciona o Composer

Como dito anteriormente, basicamente, o Composer permite que o desenvolvedor determine quais dependências são necessárias para um projeto funcionar. A partir daí, é ele quem faz o “gerenciamento” destas dependências, realizando a instalação, atualização e remoção, removendo essa responsabilidade do desenvolvedor.

Para isso, o composer utiliza um arquivo chamado composer.json. É neste arquivo que o desenvolvedor especifica as bibliotecas necessárias para o projeto, como podemos ver abaixo:

{
    "require": {
        "monolog/monolog": ">2.1.0",
        "nome_do_outro_pacote": "numero_da_versao"
    }
}

No arquivo descrito acima, podemos definir as dependências que este projeto necessita para funcionar. Estas dependências são definidas na configuração require.

No exemplo acima, o arquivo composer.json define que o projeto necessita do pacote PHP na versão 7.0. Esta configuração permite definir quantos pacotes forem necessários, mantendo apenas o formato especificado (nome do pacote e número da versão).

Ao criar o arquivo, basta utilizar o comando php composer.phar install para que o composer instale as dependências definidas no arquivo composer.json no projeto.

PHP - Fundamentos
Curso de PHP - Fundamentos
CONHEÇA O CURSO

Funcionalidades do Composer

O Composer possui diversas funcionalidades que facilitam o dia do desenvolvedor. Dentre elas, as principais são:

  • Instalação de novas dependências no projeto;
  • Atualização das dependências já instaladas no projeto;
  • Remoção de dependências instaladas no projeto;
  • Autoload para os arquivos do projeto, além dos pacotes de terceiro;
  • Execução de scripts;
  • Plugins para estender o comportamento padrão;
  • Permite determinar dependências que serão instaladas no modo de desenvolvimento ou em modo de produção.

Concluindo

Muito utilizado por desenvolvedores PHP, o Composer é uma excelente ferramenta para gerenciar as dependências de um projeto. Muito utilizado no mercado e em projetos pessoais em geral, o Composer facilita (e muito) a vida de um desenvolvedor PHP, permitindo que ele foque apenas no principal: o desenvolvimento.

No site do Composer é possível encontrar toda sua documentação, download da ferramenta, entre outras informações.

Deixe seu comentário

Conheça o autor desse artigo

  • Foto Autor Ana Paula de Andrade
    Ana Paula de Andrade

    Graduanda em Sistemas de Informação pelo Instituto Federal da Bahia. É responsável pelo atendimento ao cliente, gerenciamento de redes sociais e revisão de cursos, além da redação de artigos para o blog da TreinaWeb.

    Posts desse Autor

Artigos relacionados