Carreira

Dicas para programadores iniciantes - parte 2

Receber dicas nunca é demais. Confira neste artigo algumas dicas que podem fazer a diferença no seu começo de carreira.

26 dias atrás

Dicas para quem está iniciando no mundo da programação nunca é demais. Por isso, neste artigo abordaremos mais 7 dicas que podem fazer a diferença no seu começo de carreira.

Se você não ainda não leu a primeira parte, sugiro começar por ela primeiro. Esta lista vem para complementá-la :)

Não tente aprender tudo ao mesmo tempo

Um dos primeiros erros é ir com muita sede ao pote. Foque primeiro na lógica de programação e depois em uma linguagem à sua escolha. Tentar estudar várias linguagens e frameworks ao mesmo tempo pode acabar te confundindo e o aprendizado não será tão eficaz assim.

Depois que você aprende uma linguagem num bom nível, você verá que aprender uma próxima será muito mais fácil.

Não tenha vergonha de não saber - e de errar também

Se não souber pergunte, pesquise e tente! É um mito o programador que sabe tudo de tudo. Como vimos no artigo anterior, existe uma diferença entre pedir ajuda quando necessário e pedir ajuda por qualquer coisa, sem ao menos ter tentado.

Conhecimento é algo cumulativo, você vai aprender fazendo. Assim, no meio do processo, à medida que forem surgindo os problemas, você vai estudando e pesquisando para resolvê-los e é aí que o avanço é de fato feito.

Lógica Orientada a Objetos Completo
Curso Lógica Orientada a Objetos Completo
Conhecer o curso

Não tenha medo de se candidatar a vagas

Se candidatar às vagas é uma ótima maneira de ver como funcionam as entrevistas, pegar prática e ver o que o mercado está pedindo. Mesmo que você não passe, já te ajuda a treinar para as próximas.

Não desanime caso você não atenda 100% aos requisitos da vaga, isso às vezes acontece mesmo, pois as empresas cada vez mais aumentam a lista de requisitos nas vagas. Mas se você preenche alguns requisitos e tem vontade de aprender o que ainda não sabe, tentar não custa nada. Mas, também é importante não se empolgar para não acabar se candidatando à vagas onde você não preenche nenhum requisito, hein? rs

Use o GitHub

Ter projetos no GitHub hoje é essencial para que os recrutadores possam olhar seu trabalho antes mesmo de entrar em contato com você. Portanto, suba seus projetos, pode ser projetos de faculdade, de algum curso que você está fazendo, projetos pessoais… Isso faz muita diferença para quem te contrata.

Git - Fundamentos
Curso Git - Fundamentos
Conhecer o curso

Olhe o código de outras pessoas

Ainda falando sobre o GitHub, uma outra dica é olhar o código de outras pessoas. Isso te ajuda a entender melhor um código, além de ter um código mais bonito, pois você vai pegando padrões e práticas de codificação vendo o código de pessoas mais experientes.

Use o LinkedIn

Mantenha seu perfil atualizado, poste os projetos que você tem feito de estudo, ajude outros colegas que tenham dúvidas, etc. Temos aqui no blog um artigo sobre como melhorar seu perfil no LinkedIn e outras dicas, dá uma conferida!

E, por fim, não desista…

Todo dia essa área irá te trazer algum desafio, e você irá encontrar vários, seja algum conceito novo, um projeto que você não sabe nem por onde começar, erros no código… e tudo isso é normal! Não tem problema em não saber, desde que você não desista de aprender e nem na primeira dificuldade.

Lembre-se que ter essa sede de conhecimento é essencial para essa profissão que respira inovação.

Autor(a) do artigo

Marylene Guedes
Marylene Guedes

Responsável pelo sucesso do cliente na TreinaWeb. Graduada em Gestão de Tecnologia da Informação pela FATEC Guaratinguetá, além de estudante de UX/UI.

Todos os artigos

Artigos relacionados Ver todos