Carreira

5 dicas para entrevistas na área de TI

Depois de tanto se dedicar nos estudos, finalmente as empresas começaram a entrar em contato com você. Mas, agora, como funciona a parte das entrevistas? Como devo me preparar? Esta é a primeira parte do artigo de como se preparar para uma entrevista de TI.

14 dias atrás

Depois de tanto se dedicar nos estudos, caprichar no seu LinkedIn, finalmente as empresas começaram a entrar em contato com você. Mas, agora, como funciona a parte das entrevistas? Como devo me preparar?

Esta é a primeira parte do artigo de como se preparar para uma entrevista de TI, principalmente para a área de desenvolvimento, para aumentar suas chances em conseguir a vaga. Vamos lá?!

Pesquise sobre a empresa

Apesar de parecer o mínimo, é importante ressaltar a importância de conhecer a empresa. Entenda o que a empresa faz e como você se encaixaria nela. Além de entender bem sua cultura, missão, valores, quem são seus clientes, soluções que ela desenvolve, quais tecnologias utilizam… Vale ressaltar que hoje em dia você deve analisar a cultura da empresa, para ver se você está alinhado com ela, se é o estilo que combina com você, etc…

Caso seja uma empresa grande, pesquise sobre ela no Glassdoor, lá muitas pessoas descrevem como é trabalhar lá e como é o processo seletivo, o que pode te deixar ainda mais preparado quando for a sua vez.

Avalie suas experiências

Suas experiências anteriores farão parte dessa conversa, por isso dê uma boa refrescada na memória. Relembre sobre o período que você esteve nas empresas que trabalhou, os maiores desafios que você já enfrentou, algum problema que resolveu - e como resolveu, pode acontecer de você ter que explicar um pouco sobre algum projeto que participou… As chances de perguntarem algo deste tipo é grande, como veremos nos próximos tópicos.

Se prepare para se apresentar

Apesar de parecer fácil, no momento pode não parecer tanto se você estiver tenso. Por isso, crie uma introdução sobre você, não deixe muito para improviso, ainda mais se na hora você ficar nervoso e travar, é bom ter algo na “manga” para não se enrolar todo. Então, escreva com calma uma breve apresentação sobre você, com coisas que você ache relevante falar. Além disso, se atente a imagem que você passa e a entonação da sua voz, sempre.

Um exemplo poderia ser: quem você é, onde mora atualmente, a formação acadêmica, tecnologias que está mais acostumado e que domina mais (linguagens, frameworks, provedores de cloud, ferramentas de automação e DevOps), 3 últimas experiências de maneira sucinta, falando qual a empresa, o cargo, as responsabilidades e os resultados entregados… Lembrando que tudo isso é de maneira resumida e bem rápida, nada de ficar falando sem parar, pois provavelmente será perguntado sobre isso mais pra frente e, aí sim, você explica melhor.

Desenvolvedor Python
Formação Desenvolvedor Python
Conhecer a formação

Se prepare para certos tipos de perguntas

São os estilos de perguntas mais comportamentais, para avaliar como você lida em certas situações, como por exemplo, um momento que você liderou algo, um momento que teve que agir sob pressão, como lidou com conflitos internos, algum conflito com colega de trabalho…

Além disso, podem vir aquelas perguntas como o por que você quer sair da empresa atual, o que te interessa naquela posição, etc.

Quanto mais próximo da vaga de um sênior, mais perguntas voltadas para liderança serão feitas, algo tão importante hoje em dia.

Outras questões, que você pode já pensar de antemão: com quantas pessoas você trabalhava e qual era a função delas, qual era a sua função dentro da equipe, o quão próximo do produto você era, resultados que você já entregou em termos qualitativos e quantitativos, se já passou por alguma situação de conflito dentro da equipe e como fez para resolver, o que você faria diferente nos lugares que já trabalhou, qual você acha que foi seu maior erro e qual foi o maior acerto na sua carreira…

Faça perguntas também

A entrevista é como se fosse uma conversa, que precisa ser uma via de mão dupla. Essa é a hora de mostrar interesse na vaga, por isso, sempre ao final das entrevistas a equipe irá perguntar se você tem alguma dúvida. Fazer perguntas bem feitas te mostra entusiasmado pela vaga.

Algumas perguntas como, por exemplo, qual é o maior desafio atual da empresa, quais tecnologias/metodologias eles usam, quais os formatos das equipes, o que eles esperam do profissional que eles vão contratar, o que a empresa está planejando para o futuro, podem ser algumas boas opções.

Nada de perguntar sobre salário e benefícios, ainda mais se for uma entrevista inicial, este não é o momento.

Depois de passar pela entrevista que é mais um bate papo para te conhecerem melhor, chegaremos na entrevista onde o seu conhecimento será avaliado. Por isso, no próximo artigo, veremos como se preparar para entrevistas técnicas.

Até lá! =)

Autor(a) do artigo

Marylene Guedes
Marylene Guedes

Responsável pelo sucesso do cliente na TreinaWeb. Graduada em Gestão de Tecnologia da Informação pela FATEC Guaratinguetá, além de estudante de UX/UI.

Todos os artigos

Artigos relacionados Ver todos