Carreira Motivos que podem te fazer desanimar/desistir da programação: como evitá-los?

Porque algumas pessoas começam a programar, mas acabam desistindo no meio do caminho? Veremos neste artigo algumas causas que podem te levar a desistência.

Marylene Guedes 10 de dezembro de 2020

Com as oportunidades e ótimos salários que a área de TI oferece, é normal muitas pessoas se interessarem em partir/migrar para ela, principalmente para a área de desenvolvimento, onde há muita procura. Mas, essa caminhada pode não ser tão fácil assim. Porque algumas pessoas começam a programar, mas acabam desistindo no meio do caminho? Veremos neste artigo algumas causas que podem te levar a desistência e como você pode evitá-las.

Muita coisa para estudar

Se você está iniciando na área ou está em transição, pode se assustar com a quantidade de conteúdo que vai encontrar por aí: uma infinidade de conceitos, linguagens, frameworks… a lista é bem grande!

Sendo assim, se você está começando, busque conhecer um pouco de cada coisa. Depois tente escolher uma linguagem e estudar somente ela, até você ir pegando o jeito.

Além disso, devemos frisar aqui que essa questão de estudos varia pra cada aluno: depende da quantidade de tempo que tem para estudar, se tem mais ou menos dificuldade, entre outros aspectos…

Por isso, não se apegue a quantidade de coisas que você deve estudar e não espere por resultados rápidos. Se você já inicia os estudos na programação querendo saber em quantos meses vai se tornar um programador profissional pode acabar se frustrando. Isso é algo que você vai construindo com o tempo, não tem jeito.

Não consigo fazer sozinho

Conforme você for estudando e aprendendo, seja com vídeo aulas ou com seu professor na faculdade, é normal você ir fazendo junto com ele, “copiando” o mesmo código. Isso não tem o menor problema, afinal você está aprendendo. Mas é muito importante você aprender de verdade.

Você deve saber o porquê de estar fazendo cada coisa, não apenas copiando e colando código. Isso porque, na hora que você for desenvolver algo sozinho, você vai ficar perdido e não vai conseguir. Sendo assim, não seja apenas um copiador de código. Tente desenvolver programas do zero, algo que você tem mente, para ir praticando. Claro que você pode realizar consultas sem problemas 😀

Não consigo estudar / manter o foco

Neste tópico podemos ter algumas causas para a frase acima: você não consegue estudar porque não tem tempo? Ou porque está travado em alguma coisa? Ou porque você ainda não vê resultados? Falta de motivação? Podem ser diversas as causas que fazem você estacionar.

É extremamente importante manter uma constância nos estudos, ter essa disciplina e dedicação ao aprendizado fará com que você alcance melhores resultados. Realmente em algumas vezes você também terá que estudar algo que não gosta, faz parte! Mas não tenha medo de estudar algo e se sentir perdendo tempo.

Desenvolvedor ASP.NET Full-Stack
Formação: Desenvolvedor ASP.NET Full-Stack
A formação Desenvolvedor ASP.NET Full Stack da TreinaWeb tem como objetivo abordar as duas principais plataformas dentro do ASP.NET: o ASP.NET MVC, para criação de aplicações web seguindo o padrão MVC/MVW; e o ASP.NET WebAPI, para criação de APIs RESTful que sigam os padrões mais atuais da indústria.
CONHEÇA A FORMAÇÃO

Me sinto perdido

Com a quantidade de possibilidades que a área oferece, é normal você se sentir perdido com tantas tecnologias. Esse excesso de informação pode te deixar totalmente perdido em que rumo tomar. Por isso, muitas vezes ter um caminho a seguir, já ajuda muito.

Aqui mesmo na TreinaWeb possuímos o plano de carreira personalizado, que são aconselhados principalmente aos alunos que necessitam ter um acompanhamento profissional na hora de escolher qual caminho trilhar nos estudos (por qual curso iniciar).

Então o ideal é traçar um caminho e segui-lo. Não precisa ser um caminho longo, pode ser algo a curto prazo.

Muita exigência das vagas

Você já deve ter visto algumas vagas onde a lista de conhecimentos pedidos é enorme – às vezes até um pouco exagerada para o cargo e, principalmente, o salário.

Mesmo que você não se sinta preparado, é importante você se candidatar a vagas de estágio ou de nível júnior. Ainda que você não possua todos os conhecimentos pedidos, você pode explicar nas entrevistas que apesar de não saber determinada tecnologia naquele momento, você tem interesse em aprender. Mesmo que não dê certo, você ainda ganha experiência em entrevistas.

Isso porque é difícil achar um profissional que atenda 100% do que é pedido, por isso deixe de lado o pensamento de que você não está a altura daquela vaga, só porque não atende 100%. Não custa tentar, certo? 🙂

Deixe seu comentário

Conheça o autor desse artigo

  • Foto Autor Marylene Guedes
    Marylene Guedes

    Responsável pelo sucesso do cliente na TreinaWeb. Graduada em Gestão de Tecnologia da Informação pela FATEC Guaratinguetá, além de estudante de UX/UI.

    Posts desse Autor

Artigos relacionados