Carreira Quero programar: Por onde começar?

Veja os procedimentos recomendados para se tornar um programador.

Redação Treinaweb 16 de novembro de 2016

O mercado de TI teve um crescimento de 9,2% no Brasil em 2015. Para este ano, a expectativa é a de que ele aumente mais 3%, ficando acima da média global, de 2,4%, de acordo com o estudo produzido pela Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes) em parceria com a IDC.

Com isso, é possível notar que a área da Tecnologia da Informação é uma das mais promissoras para quem quer mudar de setor ou entrar no mercado de TI. Mas por onde começar para ter domínio do campo? Confira quatro dicas importantes:

1 – Comece pelo início

Para começar na área de Tecnologia da Informação, principalmente em desenvolvimento web ou desktop, é necessário aprender Lógica de Programação e Lógica Orientada Objetos. Esses dois pontos são a base para quem quer ser programador, não importando qual caminho você queira seguir depois. O objetivo deste conhecimento é aumentar o seu raciocínio lógico para assim torna-lo capaz de encontrar a melhor resolução para problemas futuros, que precisarão ser resolvidos através da tecnologia.

Lógica de Programação Completo
Curso de Lógica de Programação Completo
CONHEÇA O CURSO
Lógica Orientada a Objetos Completo
Curso de Lógica Orientada a Objetos Completo
CONHEÇA O CURSO

2 – Escolha um objetivo

Após familiarizar-se com a base da programação, encontre um foco. Comece entendendo a diferença entre Front-end e Back-end. Escolha uma linguagem de programação e comece a estudar, temos aqui no blog uma lista das linguagens de programação mais promissoras do mercado atualmente.
Escolha uma meta e corra atrás de cursos e artigos focados em seu propósito.

3 – Não deixe de se atualizar

As linguagens estão sempre se reinventando para facilitar a vida do programador e para se adequarem às novas demandas do mercado. Esteja sempre atento para as novidades na área – muitas linguagens podem mudar drasticamente de um ano para o outro. Fique por dentro de fóruns, assine newsletters e participe de grupos nas rede sociais para não perder as novidades do mercado. Nós, por exemplo, estamos sempre nos atualizando para oferecer o que há de mais novo na área e temos também dicas de como se manter motivado nos estudos aqui no blog.

4 – Pratique (muito!)

Pode parecer clichê, mas é a prática que leva à perfeição – e na programação não é diferente. Quanto mais você praticar, mais o seu cérebro será treinado para solucionar e/ou evitar problemas. Sabe aquele tio que está precisando de um site para sua a loja de bairro? Ofereça o seu trabalho. Desta forma, você colocará em prática a sua experiência e, de quebra, terá um portfólio bacana para apresentar aos seus futuros clientes.

Por fim, não se desanime. Aprender algo novo pode ser desafiante, mas no final pode ter certeza que será recompensador.

Desenvolvedor Front-end
Formação: Desenvolvedor Front-end
HTML, CSS e JavaScript são a base de toda a web. Tudo o que você está vendo aqui agora depende deste tripé. Nesta formação vamos iniciar aprendendo lógica. Em seguida veremos todos os aspectos do HTML, CSS e JavaScript. Por fim, aprenderemos Sass, Google Analytics, empacotar nossas aplicações com Webpack, criação de aplicações Desktop com Electron, UX/UI e uma introdução aos frameworks mais utilizados no mercado: Angular, React, Vue e Ember.
CONHEÇA A FORMAÇÃO
Deixe seu comentário

Conheça o autor desse artigo

Artigos relacionados