Conhecendo o MEAN Stack

De software livre e código aberto, o MEAN Stack é um conjunto de soluções JavaScript para a construção de páginas web dinâmicas e aplicações web que utilizam o JavaScript em todas as camadas da aplicação.

O termo MEAN foi utilizado pela primeira vez em 2013 pelo desenvolvedor Valeri Karpov e suas siglas significam: M – MongoDB, E – Express.js, A – Angular e N – Node.js.

Basicamente, o MEAN funciona da seguinte forma:

como funciona o MEAN stack?

O cliente utiliza a aplicação front-end desenvolvida em angular que envia a requisição feita pelo cliente para o node, que vai tratar a requisição e, através do express, acessa o banco de dados mongo para obter os dados a serem retornados.

A partir daí, o Express retorna os dados obtidos no banco para o node, que trata como a resposta da requisição será feita e, utilizando o angular, exibe os dados para o usuário.

Como vimos anteriormente, o MEAN utiliza as tecnologias Angular, Node.js, Express.js e MongoDB. Abaixo veremos um pouco sobre cada uma delas.

Ferramentas que compõe o MEAN

MongoDB

MongoDB

De código aberto, multiplataforma e lançado em 2009, o MongoDB é considerado um “líder” no quesito SGBD NoSQL.

É um banco de dados orientado a documentos, baseado no formato JSON (JavaScript Object Notation) e possui uma curva de aprendizagem baixíssima.

Dentre suas principais características, podemos citar:

  • Totalmente gratuito;
  • Possui uma baixa curva de aprendizagem, como dito acima;
  • Fácil escalabilidade horizontal;
  • Multiplataforma;
  • Suporte para transações ACID multi-documento;
  • Consultas suportam funções JavaScript personalizadas, entre outros.

É um SGBD muito utilizado tanto por pequenas quanto por grandes empresas, como mostra em seu site, como: Facebook, Ebay, Google, Adobe, entre outras.

O download do MongoDB pode ser feito em seu site, onde é possível encontrar toda sua documentação, suporte e muito mais.

MongoDB - Desenvolvedor
Curso de MongoDB - Desenvolvedor
CONHEÇA O CURSO

Express.js

ExpressJS

O Express.js por sua vez é um Framework para o desenvolvimento de aplicações JavaScript com o Node.js.

De código aberto, sobre a licença MIT, o Express.js foi desenvolvido para otimizar a construção de aplicações web e APIs, tornando-se um dos Frameworks mais populares da internet e que utiliza o Node para execução do javascript como linguagem de back-end.

Dentre suas principais características, podemos citar:

  • Possui um sistema de rotas completo;
  • Possibilita o tratamento de exceções dentro da aplicação;
  • Permite a integração de vários sistemas de templates que facilitam a criação de páginas web para suas aplicações;
  • Gerencia diferentes requisições HTTP com seus mais diversos verbos;
  • Feito para a criação rápida de aplicações utilizando um conjunto pequeno de arquivos e pastas;
Express - Otimização de aplicações Node.js
Curso de Express - Otimização de aplicações Node.js
CONHEÇA O CURSO

Angular

Angular

Angular é um framework para o desenvolvimento de aplicações web, que utiliza o JavaScript para desenvolvimento, tendo como principal objetivo o desenvolvimento de aplicações web mais robustas utilizando o JavaScript.

Foi criado por Misko Hevery e Adams Abrons em 2009, com um projeto inicial de que tinha como principal objetivo facilitar a criação de aplicações web.

O Angular foi construído sob o padrão MVVM ( Model-View, View-Model) abstraindo a camada de controle dos demais padrões conhecidos.

Dentre suas principais características, podemos citar:

  • É Open Source;
  • Mantido pelo Google;
  • Arquitetura da aplicação em camadas bem definidas;
  • Permite a criação modular e de componentes reutilizáveis;
  • Já possui a infraestrutura para integração com back-end;
  • Facilita a etapa de testes de forma automatizada.
Angular - Introdução
Curso de Angular - Introdução
CONHEÇA O CURSO

Node.js

NodeJS

O Node.js por sua vez, é uma plataforma open source que permite a execução de código JavaScript a nível front-end e back-end.

Em palavras mais simples, o Node.js é uma forma de executar o JavaScript do lado do servidor de uma aplicação.

Teve seu lançamento em 2009 sobre a licença MIT e é utilizado por diversas grandes empresas como Linkedln, Groupon, PayPal, entre outras.

O Node.js possui aplicabilidade em diversos meios, dentre eles podemos citar:

  • Criação de aplicações de chats e mensagens instantâneas;
  • Criação de API´s escaláveis;
  • Aplicações web que funcionam em real-time;
  • Aplicações CLI (Client Line Interface), entre outros.
Node.js Completo
Curso de Node.js Completo
CONHEÇA O CURSO

Podemos então concluir…

O uso do Javascript para criação de aplicações cresceu muito nos últimos anos. O que antes era apenas para o desenvolvimento front-end, hoje é utilizado para o desenvolvimento completo de diversos tipos de softwares. O MEAN é um ótimo exemplo deste poder do javascript, com ele conseguimos trabalhar com a linguagem em todas as camadas da aplicação.

Deixe seu comentário

Graduanda em Sistemas de Informação pelo Instituto Federal da Bahia. É responsável pelo atendimento ao cliente, gerenciamento de redes sociais e revisão de cursos, além da redação de artigos para o blog da TreinaWeb.

© 2004 - 2019 TreinaWeb Tecnologia LTDA - CNPJ: 06.156.637/0001-58 Av. Paulista, 1765, Conj 71 e 72 - Bela Vista - São Paulo - SP - 01311-200